Publicidade

Cuiabá, Sábado 11/07/2020

Cidades - A | + A

SUMIDO HÁ 4 MESES 08.03.2020 | 11h13

Samuel faz 7 anos neste domingo e mãe e avó publicam vídeo

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Neste domingo (8), o pequeno Samuel Victor da Silva Gomes Carvalho completa 7 anos. Tudo estava programado para que o menino tivesse uma grande festa, com tudo que um aniversário de criança tem direito e cercado de amigos, familiares e amor. Mas tudo acabou no dia 20 de outubro de 2019, quando a criança saiu de casa, em Rondonópolis (215 km ao Sul) e nunca mais foi vista.

 

O desaparecimento já completou 4 meses a até agora nenhum informação ajudou a família e a Polícia a encontrarem algo que pudesse ajudar e reproduzir os passos do menino até a sua localização.

 

Todos os dias a mãe e avó de Samuel fazem publicações nas redes sociais. São fotos, vídeos e lembranças no menino. Em uma filmagem publicada recentemente, ele parece alegre, se filmando e brincando com outras crianças.

 

“Meu menino, saudade aperta demais. Não estamos suportando tanta dor. Você era a alegria da casa e seu sorriso suas brincadeiras seu carinho. Como pode acontecer isso? Você sumir assim do nada. O que mais queremos é você em casa, de volta. Estamos sofrendo muito meu bebê. Só peço a Deus que você esteja bem”, diz a legenda do vídeo.

 

A mãe de Samuel, Anelice Silva, conta que a dor e saudade são sentimentos onipresentes em seus dias. Assim como a esperança de que ele volte para seus braços em breve.

 

“Sinto com toda a força do meu coração que ele vai voltar logo. É muita saudade do Samuel. Para nós é uma tortura essa falta de informação. Dói muito”, desabafa a mãe.

 

Desde que o menino desapareceu Polícia Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, cães farejadores e populares estão empenhados nas buscas pelo garoto. Nesse período, a família recebeu muitos trotes com informações falsas sobre a localização da criança. Até foto de um menor com a orelha mutilada foi encaminhada para a mãe. A família também recebeu pedidos de resgates, um de R$ 20 mil e outro de R$ 700. A polícia apurou e descobriu que se tratava de falso sequestro. Eles não estavam com o menino.

 

Segundo a mãe, os trotes pararam. “A gente não tem o que falar. É muita tortura. Para a gente dói muito isso tudo”, relata Anelice.

 

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, a Delegacia da Mulher, Criança e Idoso de Rondonópolis continua empenhada nas investigações para esclarecer o desaparecimento do garoto Samuel. Por se tratar de um caso complexo, envolvendo uma criança, o trabalho exige diligências específicas que continuam sendo realizadas pela equipe da Polícia Civil, sob coordenação da delegada Karla Cristina Peixoto. O inquérito já soma três volumes de depoimentos e diligências realizadas pela equipe da delegacia especializada, porém, ainda não há novidades nas investigações.

 

Quem tiver alguma informação que possa levar ao paradeiro de Samuel pode informar a Polícia Civil, com sigilo garantido, pelo Disque Denúncia 197 ou pelo telefone da delegacia (66) 99937-5462.

 

O caso
Samuel morava com a avó, Lucineide Silva. No dia do desaparecimento, ela se afastou do menino por alguns minutos para ir até a cozinha. Quando voltou ao quarto onde estavam, notou a falta da criança.

A suspeita é de que ele tenha pulado o portão e fugido. De acordo com os familiares, era comum que a criança andasse pela vizinhança para brincar com os amigos. Contudo, ele nunca ficou por tanto tempo afastado.

Qualquer pessoa que tenha informações que possam ajudar na localização do menor pode entrar em contato com a família pelos telefones (66) 99726-7942 e (66) 99688-3839.

 

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Governo federal está liberando R$ 1.045 do FGTS por trabalhador para movimentar a economia. O que você fará com o benefício?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 10/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,60 0,49%

Algodão R$ 90,63 0,34%

Boi a Vista R$ 136,25 0,33%

Soja Disponível R$ 68,70 -1,43%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.