Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 17/09/2019

Cidades - A | + A

Fila de espera 24.08.2019 | 12h08

Santa Casa de Cuiabá realiza mutirão de cirurgia de vesícula

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

O Hospital Estadual Santa Casa de Cuiabá irá realizar um mutirão de cirurgias de vesícula, para desafogar a fila de espera pelo procedimento. Atualmente 129 pessoas aguardam por esse tipo de cirurgia, algumas desde 2017.

 

Neste sábado (23) esses pacientes passarão por uma triagem para fazer exames clínicos e a consulta pré-operatória. As primeiras cirurgias, para os casos classificados como mais graves, serão realizados no sábado (31).

 

A previsão da Secretaria de Estado de Saúde (SES) é que ainda em agosto sejam realizadas 50 cirurgias de vesícula. As outras 79 pessoas que continuarão na fila de espera passarão pelo procedimento em setembro.

 

Leia também - Projeto que obriga agressor a ressarcir SUS é aprovado na Câmara

 

“Esses pacientes irão realizar tudo que for necessário, iniciando pela pré-consulta e, em seguida, consulta com cardiologista, especialista que vai avaliar o risco cirúrgico. Além disso, eles vão passar também pelo cirurgião geral, que vai avaliar as condições gerais”, explica a diretora do hospital, Danielle Carmona.

 

“A atual gestão da Secretaria de Estado de Saúde está atenta às demandas por cirurgias eletivas e pretende realizar outras ações que desafoguem a lista de espera. Também já foram anunciados mutirões pelo interior do estado e temos como prioridade a redução da fila por procedimentos cirúrgicos”, declarou o secretário de Estado, Gilberto Figueiredo.

 

Atualização de dados
Um dos problemas enfrentados pela equipe de regulação é conseguir contato com os pacientes e se suas famílias. Isso porque muitos não atualizam os cadastro e com o telefone desatualizado não é possível o primeiro contato e também a convocação para consultas e procedimentos.

 

De acordo com a SES, na convocação de 461 pacientes que estão na fila de espera por cirurgias pela rede pública, 154 deles, ou seja, 33%, não atenderam às ligações. Pacientes que estiverem com o cadastro desatualizado devem procurar qualquer unidade de saúde (exceto o Pronto-Socorro) para passar os novos dados. (Com informações da Assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Sobre o aumento de 600% no número de casos de dengue no Brasil é mais correto dizer que:

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 17/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 17,25 -0,29%

Algodão R$ 95,72 -1,47%

Boi a Vista R$ 138,30 -1,21%

Soja Disponível R$ 68,00 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.