Publicidade

Cuiabá, Domingo 20/09/2020

Cidades - A | + A

REFORÇO NA SAÚDE 16.07.2020 | 09h13

Secretário se reúne com reitor da UFMT para tratar do Revalida

Facebook Print google plus

Luiz Leite

Luiz Leite

O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, se reúne com o reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Evandro Soares, nos próximos dias. O encontro tem como objetivo a realização da prova de validação do diploma médico para os profissionais formados no exterior. O revalida estava marcado para agosto, mas foi suspenso junto com todo calendário da instituição por conta da pandemia.


Leia também -Pandemia vai durar até novembro porque "população escolheu"

 

Durante a transmissão ao vivo desta quarta-feira (15), o secretário informou que busca uma agenda com o reitor para demovê-lo da ideia de suspensão e voltar atrás para remarcar uma data. Mais de mil novos médicos esperam a prova para poder atuar no país.


Para o gestor, a revalidação é uma alternativa para que novos profissionais da saúde ajudem no combate a pandemia. Hoje, muitos contratados pelo governo são “importados” de outros estados.


“Muitos profissionais chegam de outros estados todos os dias, até mesmo atraídos pela remuneração que estamos oferecendo. Em uma semana houve 20 contaminados que foram para o isolamento. Todos os dias têm gente chegando, mas não no volume que consideramos o ideal”, informa o secretário.


Desde que a pandemia chegou a Mato Grosso, centenas de profissionais da saúde foram afastados porque se contaminaram com o novo coronaírus durante o trabalho. A oferta dos hospitais particulares também atrapalham as negociações do Executivo com esses servidores temporários.


“Por isso estou pedindo uma agenda com o reitor da Universidade Federal para tratar da validação desses profissionais que se formaram no exterior, para aumentar a oferta de profissionais da saúde, não só em Mato Grosso, mas no país. Vamos tentar convencê-lo a fazer a prova, que é muito importante aumentar o número de profissionais para nos ajudar no combate a essa pandemia”, ressalta.


Volta às aulas
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) apresentou um planejamento de volta às aulas online e presenciais ao governo do Estado. As aulas virtuais devem começar em 3 de agosto e as presenciais ainda não tiveram uma data definida.


Além do cronograma, foram apresentadas medidas para que o retorno ocorra com segurança.


O secretário de Saúde vê a situação com preocupação, pois não há maneira das crianças conviverem em segurança na sala de aula. “Não dá para convencer o adulto a suar máscara, que dirá criança. Como controlar para ela não pegar no colega, manter distanciamento? Não tem como”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Domingo, 20/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,65 -1,14%

Algodão R$ 94,32 -1,48%

Boi a Vista R$ 135,50 0,00%

Soja Disponível R$ 66,20 -0,30%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.