Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 30/11/2020

Cidades - A | + A

DEU EM A GAZETA 18.10.2020 | 07h03

Sem conclusão, Arena Pantanal segue longe do prometido

Facebook Print google plus
Dantielle Venturini

redacao@gazetadigital.com.br

Secom-MT

Secom-MT

Seis anos após a Copa do Mundo em Cuiabá a conclusão da Arena Pantanal ainda se arrasta. O que foi pensado como um projeto de sustentabilidade, com um espaço multiuso, tornou-se um grande “elefante branco”.

 

Todos os meses, são gastos R$ 300 mil na manutenção do estádio, o que equivale a R$ 4 milhões por ano saindo dos cofres públicos. O espaço teve 98% das obras concluídas e não há previsão para os outros 2% que ainda faltam e estão envolvidos em um imbróglio judicial. Somado a essa ‘novela’, que deveria ter encerrado antes do mundial, o local ainda coleciona problemas estruturais e sofre com a falta de manutenção.

 

Não bastassem as complicações no piso, pichação, vandalismos na parte externa, o descaso atinge também o interior do estádio, que tem graves problemas de vazamento e infiltrações. Na semana passada, o forro do atendimento do Departamento Estadual de Trânsito, dentro da arena, desabou.

 

Outro local que chama atenção pelo abandono é a piscina olímpica. A obra, iniciada há 20 anos, está inacabada. Orçada em cerca de R$ 700 mil, a segunda e última parte, que é a construção de vestiários, banheiros ao público, arquibancada e iluminação para competições noturnas, ainda não começou.

 

Outro lado

De acordo com a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso, que administra a Arena, os espaços estão fechados devido ao funcionamento do Centro de Triagem da covid-19. Em relação ao desabamento, a Secretaria informou que uma das caixas d’água se rompeu, mas substituição e reparos já teriam sido providenciados. Sobre a piscina, a Pasta afirma que, com a pandemia, o processo ficou parado, mas em breve entrará em fase de contratação de banheiros e arquibancada.

 

Leia mais notícias sobre cidades na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 30/11/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,50 -0,81%

Algodão R$ 126,42 0,73%

Boi à vista R$ 252,95 0,03%

Soja Disponível R$ 160,00 0,63%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.