Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 09/07/2020

Cidades - A | + A

regularização 18.01.2020 | 07h10

Semob inicia vistoria a veículos que atuam com aplicativos de transporte

Facebook Print google plus

Rodinei Crescencio

Rodinei Crescencio

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) deu início às vistorias de veículos que atuam no transporte individual privado de passageiros em Cuiabá. Desde a última semana motoristas de aplicativos têm procurado pelo setor de vistorias da pasta, munidos com ficha de informações preenchida e comprovantes de pagamentos das taxas devidas.

 

O titular da Semob, Antenor Figueiredo destaca que o cadastro é feito online, por meio de link disponibilizado no site da Prefeitura de Cuiabá.  “É importante lembrar que os veículos vistoriados em 2019 estarão isentos do pagamento da taxa em 2020. Além disso, simples arranhões não implicam em reprovação do veículo, a não ser que, o estrago o prejudique visualmente.”

 

Leia também - MP-MG não se opõe à contratação de goleiro Bruno pelo Operário

 

De acordo com a Portaria 12 de 2019, que estabelece o prazo para a inspeção, os condutores de carros com placas de final 1, 2 e 3, têm até o dia 31 de janeiro para fazer o agendamento. Na sequencia, àqueles com placas de final 4, 5 e 6 têm até 28 de fevereiro, e àqueles com placas com final 7, 8, 9 e 0 têm até 31 de março para realizar o processo.

 

Segundo Antenor Figueiredo, a avaliação segue os mesmos critérios da que é realizada em táxis e é feita a fim de garantir a segurança de motorista e passageiro. São avaliados critérios como lataria; para-choques; pintura; película; para-brisas; limpadores; lavador de para-brisas; faróis; lanternas; buzina; freios; bancos; estepe; assoalho e retrovisores, além das condições dos pneus, ar-condicionado e higiene.  

 

Após a vistoria os carros receberão um adesivo com um QR-code, que ajudará na identificação dos motoristas regularizados durante as fiscalizações.

 

A lei Nº 6.376 sancionada em abril pelo prefeito, de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, regulamenta a atividade na Capital.

 

Portanto, a partir de agora, os motoristas de aplicativos que forem flagrados transportando passageiro sem ter passado pela vistoria poderá ser multado por “transporte remunerado sem ser licenciado para este fim”. A infração é classificada como média e pode resultar na retenção do veículo.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Governo federal está liberando R$ 1.045 do FGTS por trabalhador para movimentar a economia. O que você fará com o benefício?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 09/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,45 -3,31%

Algodão R$ 121,48 0,52%

Boi a Vista R$ 124,00 1,64%

Soja Disponível R$ 68,20 -0,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.