Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 03/12/2020

Cidades - A | + A

abrange 21 bairros 25.11.2019 | 09h19

Três Barras passa a contar com a primeira capela mortuária gratuita da Capital

Facebook Print google plus
Bruno Vicente/Sicom

redacao@gazetadigital.com.br

Luiz Alves/Sicom

Luiz Alves/Sicom

Uma obra de aparência simples, mas com uma grandeza social imensurável. Foi desta forma que o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, classificou a entrega do Centro de Apoio Familiar - Frederico Manoel da Costa, ocorrida na setxta-feira (22). Situada no bairro Três Barras, a estrutura é a primeira capela mortuária gratuita da Capital e beneficiará famílias de pelo menos 21 bairros circunvizinhos da região Norte.

 

Somando apenas os moradores do Três Barras, a capela ficará à disposição para o atendimento de cerca de 10 mil pessoas. A estrutura foi levantada no prédio onde funcionava a sede da antiga delegacia da Polícia Civil. No local, foi realizada uma completa reconstrução abrangendo os trabalhos de ampliação, climatização, iluminação, pintura, jardinagem e paisagismo, e outras melhorias estruturais.

 

Leia também -  Neste dia do Doador de Sangue, campanha busca assegurar o estoque no fim do ano

 

“Uma obra como essa representa a sensibilidade de uma gestão. É mais uma demonstração da nossa preocupação com o social. Imaginamos a dor de uma família ao perder um ente querido e ainda ter que enfrentar dificuldades financeiras na hora dar o último adeus. Por isso, vamos continuar executando obras, sejam simples ou de grandes magnitudes, mas sempre pensando no benefício da população”, comentou o prefeito Emanuel Pinheiro.

 

A construção do Centro de Apoio foi possível graças a atuação em parceria entre a Prefeitura de Cuiabá, o suplente de vereador Demilson Nogueira, comerciantes da comunidade e a Associação de Moradores do Três Barras. “Assim como foi na construção, nosso plano é que a responsabilidade de manutenção seja mútua. A Prefeitura e a Câmara devem estar sempre presente, mas nossa comunidade também pode colaborar ativamente na preservação”, ressaltou o presidente da Associação de Moradores, José Advair “Bolo”. 

 

Homenagem

O Centro de Apoio Familiar leva o nome de Frederico Manoel da Costa, falecido no dia 3 de agosto de 2011, aos 75 anos. Além de morador da comunidade, foi pioneiro no ramo de panificação. Frederico fundou a primeira panificadora do bairro, ajudando no desenvolvimento do comércio da região e também sendo sempre parceiro da Associação de Moradores em obras para a localidade.

 

“Nossa ideia é criar pelo menos uma estrutura como esta em cada região da cidade. E, por determinação do prefeito Emanuel Pinheiro, vamos sempre homenagear um morador tradicional da comunidade, um herói anônimo. No Três Barras, foi escolhido o Frederico, que era considerado uma pessoa dedicada e participativa nas atividades que ajudassem na melhoria do bairro”, pontuou o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jandira - 25/11/2019

Está de parabéns! Ótima iniciativa, simples mas necessária.

1 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 03/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 60,00 -0,83%

Algodão R$ 126,90 -0,91%

Boi à vista R$ 252,62 -0,19%

Soja Disponível R$ 154,50 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.