Publicidade

Cuiabá, Sábado 05/12/2020

Cidades - A | + A

mulheres denunciam 08.09.2020 | 17h45

Vídeo mostra advogado chutando médica em elevador

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Um vídeo feito pelas câmeras de segurança do elevador do prédio em que morava o advogado Cleverson Campos Contó mostra discussão e o homem chutando a então companheira Laryssa Moraes. Ela é uma das mulheres que o denunciaram por agressão. A filmagem é de 2016, mas o caso ganhou grande repercussão nos últimos dias.


Leia também -Médica teve fratura de órbita e hemorragia intracraniana após socos de advogado

 

No vídeo de 3 minutos e 41 segundos aparece o casal no elevador. Primeiro ele entra e depois a mulher acessa o transporte com malas. Ambos trocam algumas palavras e balançam a cabeça negativamente. O homem está sem camisa e chuta a perna da mulher.


O elevador saiu do 6º andar e parou primeiramente no térreo. No percurso, próximo da meia noite, a vítima segue de cabeça baixa e não reage quando é chutada. No térreo, o advogado sai e a mulher segue para o subsolo, onde fica o estacionamento.


A mulher foi casada com o advogado e se separou dele há anos. Ela o denunciou por agressão e o processo tramita desde a separação. Ela se casou novamente e tem filhos. Está muito abalada depois que o caso foi divulgado.


Até o momento, pelo menos outras 6 mulheres denunciaram agressões sofridas pelo advogado. Todas registraram boletins de ocorrências, mas há supostas vítimas que ainda não oficializaram as denuncias. Uma delas mora hoje na Argentina, como informou a digital influencer Mariana Vidotto.


Mariana se relacionou com ele por cerca de 5 meses e sempre foi alertada por pessoas próximas para que se separasse, pois a relação não parecia saudável. Ela conta que não sabia do histórico violento do então companheiro. "Ele dizia que a ex era louca", conta.


A jovem relata que sofreu violência física, sexual e psicológica por parte do namorado. Que "chegou ao fundo do poço" e quis tirar a própria vida, mas o pai a salvou ao arrombar a porta do quarto.


Após ter coragem de romper, a mulher comentou com pessoas próximas e em suas redes sociais sobre os abusos sofridos. Ela comenta que nunca citou o nome de Cleverson Contó, mas ele a processou e exigiu que não falasse seu nome, caso contrário seria multado.


"Eu nunca falei dele. Mas no momento em que fui notificada do processo decidi que não iria mais me calar. Depois que retomei o equilíbrio psicológico o denunciei. Depois disso muitas outras vítimas apareceram a novas surgem todos os dias. Elas têm medo de denunciar e pedem ajuda para saber como proceder", relata a influencer.


Acusação de extorsão
Questionada sobre a suposta extorsão da qual o advogado acusa Mariana e Laryssa, a influencer nega. Argumenta que tanto ela quando a médica têm situação financeira confortável desde antes do relacionamento com o jurista.


"Acho complicado ele falar sobre extorsão. Por exemplo, eu e Laryssa viemos de uma estrutura familiar e financeira muito boa pretérita a ele. Então é totalmente infundado isso daí.

 

Outro lado

O advogado nega as acusações e nesta quarta-feira (8) concede entrevista coletiva no escritório do seua advogado de defesa Eduardo Mahon  

 

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Edição digital

Sexta-feira, 04/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 59,70 -0,17%

Algodão R$ 126,18 -0,57%

Boi à vista R$ 249,16 -1,37%

Soja Disponível R$ 153,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.