Publicidade

Cuiabá, Sábado 07/12/2019

Economia - A | + A

pelo ar 16.11.2019 | 08h14

Mercado de milhas fatura R$ 1,9 bi no 2º trimestre. Saiba utilizá-las

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

O mercado de milhas aéreas faturou R$ 1,9 bilhão no segundo trimestre de 2019, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (Abemf).

 

Em três meses, mais de 76,8 bilhões de milhas foram emitidas e 68,1 bilhões foram resgatadas. No período em questão, 8,7 bilhões de milhas expiraram e foram perdidas.

 

Como vender milhas

Para vender as milhas é necessário realizar um cadastro em uma plataforma de vendas e informar os dados pessoais, quantidade de milhas das quais dispõe e indicar o valor que se quer por elas. Com aprovação, a oferta fica disponível para compradores de passagens.

 

O site faz a mediação e emite passagens para os compradores usando as milhas do vendedor.

 

Para que não ocorra nenhum problema, é preciso que o vendedor tome alguns cuidados, como por exemplo: ler os termos e condições de uso do site. Este é o contrato que vai definir todos os pormenores da negociação; ter cuidado ao fornecer senhas e confira, no contrato, se ele garante que dados desse tipo não serão transmitidos a outros usuários; manter o preço atualizado para não perder dinheiro diante de uma cotação que varia diariamente; buscar referências. Sites que estão há mais tempo no mercado já ganharam prêmios e são considerados pela mídia como referências do mercado são mais confiáveis.

 

Resgate de milhas através dos pontos do cartão de crédito

As milhas aéreas são as trocas mais comuns dos usuários que querem trocar os pontos dos cartões de crédito. "Um dos principais pontos a serem observados diz respeito exatamente à questão de viagens. É necessário baixar esses pontos com antecedência para poder fazer as reservas nas companhias aereas", comentou o economista Claudio Felisoni de Angelo, presidente do Ibevar (Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo).

 

Podendo ser uma boa opção para compras maiores e que precisam ser parceladas, os programas de pontos ou fidelidade concedem vantagens aos usuários. Os benefícios variam entre viagens aéreas e até outros serviços.

Além das viagens, os benefícios incluem descontos em produtos, diárias em hotéis, jantares, troca em roupas, eletrônicos, utensílios domésticos, entre outras opções.

 

As operadoras dos cartões de crédito oferecem um ponto a cada dólar gasto, seja no Brasil ou no exterior. É necessário gastar a quantia equivalente ao dólar para conseguir conquistar um ponto. A quantidade de pontos conquistados é que determina qual o serviço ou produto que o cliente vai ter direito.

 

Cada empresa possui normas e regras diferentes em relação aos custos e benefícios, dessa forma é importante entender como funciona cada operadora e depois definir a melhor estratégia para acumular os pontos.

 

Claudio Felisoni afirma que os clubes de pontos podem oferecer diversas vantagens. "É um serviço que pode impactar positivamente nas finanças, garantindo uma certa economia na hora de pagar por alguns produtos.”

 

Apesar do lado positivo, o economista também comentou sobre as desvantagens do mau uso do cartão. "É preciso apenas utilizar com consciência para não se endividar. Pagar sempre o valor completo da fatura e evitar o parcelamento para não pagar taxas e juros são importantes".

 

Como saber se tem direito aos pontos

É possível conseguir essa informação através do contrato do cartão de crédito e das centrais de atendimento.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Racismo, fake news e ganância são alguns dos sambas-enredo deste ano. O Carnaval deve ser politizado?

Parcial

Edição digital

Sábado, 07/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,00 0,00%

Algodão R$ 90,12 0,23%

Boi a Vista R$ 135,00 -0,74%

Soja Disponível R$ 64,80 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.