Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 12/08/2020

Economia - A | + A

Distanciamento social 09.06.2020 | 07h21

MT tem potencial para 310 mil pessoas em teletrabalho

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostrou que em Mato Grosso 310.227 trabalhadores poderiam passar do trabelho presencial para o home office ou teletrabalho sem trazer problemas para a economia.

 

A viabilidade desse tipo de trabalho se torna ainda mais importante durante a pandemia do novo coronavírus, que tem como uma das medidas de prevenção o distanciamento social.

 

Em uma lista de 86 países, o Brasil ocupa a 45ª posição em proporção de teletrabalho, com 26,65% da população ativa nessa modalidade. Para calcular as possibilidades em cada estado, o Ipea utilizou como base os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Contínua do primeiro trimestre de 2020.

 

Leia também - MT é o 14º em transparência de dados da covid-19 no país

 

Em Mato Grosso, o home office é possível para apenas 18,5% dos trabalhadores, o que torna o estado o 21º no ranking do teletrabalho brasileiro, apesar de ser o 5º quando se compara o produto interno bruto (PIB) per capita.

 

Segundo o estudo, as ocupações com maior possibilidade de trabalho de casa são os diretores e gerentes, assim como os profissionais das ciências e os técnicos de nível médio. Do outro lado da balança, quem não pode aderir a esse sistema de trabalho são os operadores de máquinas, policiais, bombeiros e membros das forças armadas.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 12/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,00 0,25%

Algodão R$ 98,96 -0,18%

Boi a Vista R$ 133,25 0,19%

Soja Disponível R$ 66,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.