Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Economia - A | + A

entenda 28.05.2020 | 15h00

Pagamentos com aplicativo do auxílio de R$ 600 será aceito em 3 milhões de lojas

Facebook Print google plus

Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

Marcelo Casal Jr/Agência Brasil

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira (28) que os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 poderão pagar comprar por aproximação em mais de 3 milhões de comércios a partir desta sexta-feira (29). “É só encostar o celular”, explicou o presidente do banco estatal, Pedro Guimarães.

 

De acordo com o vice-presidente de tecnologia e digital da Caixa, Cláudio Salituro, o uso do aplicativo Caixa Tem evita o contato e a necessidade de utilizar o dinheiro físico durante a pandemia do novo coronavírus.

 

Leia também - Alexandre de Moraes determina a quebra de sigilo bancário de Hang e empresários

 

“É uma tecnologia bem interessante para este momento de pandemia, no qual não existe a necessidade de digitar senha e nem ter contato direto com as maquininhas que ficam nas lojas”, destaca Salituro.

 

Entre os comércios que passaram a receber por proximidade aparecem supermercados, farmácias atacadistas e pequenos comércios locais. “É uma revolução, que vai permitir a redução das idas às agências”, afirmou Guimarães.

 

O sistema faz parte de uma parceria entre a Caixa Econômica Federal e a rede de cartões de crédito e débito da Elo. “A gente conseguiu alavancar essa novidade em 10 dias para melhor atender ao cidadão brasileiro”, comemorou o vice-presidente de tecnologia e digital.

 

Como utilizar?

Para fazer pagamento por proximidade, basta baixar aplicativo Caixa Tem e ao finalizar sua compra clicar na opção “pagar na maquininha”. Assim, o comerciante colocará o valor da compra no equipamento e será necessário apenas aproximar a câmera do telefone do QR Code apresentado pela maquininha.

 

Ao verificar se o valor da compra e do estabelecimento está correto, é necessário apenas clicar em “confirmar” para terá a aquisição confirmada.

 

“Dentro daquele QR Code vem o valor da compra, o nome do estabelecimento. É um processo bastante seguro que realiza a transação e permite que você veja no mesmo momento o comprovante, que também fica registrado no aplicativo”, explica Salituro.

 

Como se trata de um sistema de débito, a Caixa afirma que é possível utilizar apenas o saldo liberado pelo governo federal com a forma de pagamento e fica vedado ultrapassar o limite.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,50 0,00%

Algodão R$ 94,30 -0,18%

Boi a Vista R$ 131,00 0,38%

Soja Disponível R$ 70,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.