Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Judiciário - A | + A

PRAZO MÁXIMO 20.05.2020 | 08h17

Adolescente que matou menor de 13 anos grávida ficará internado por 3 anos em MT

Facebook Print google plus

Marcus Vaillant/Welliton Barbosa

Marcus Vaillant/Welliton Barbosa

Pouco mais de um mês da morte brutal de Anna Luiza Nunes do Carmo, 13 anos, em Sorriso (500 km ao Norte de Cuiabá), Segunda Vera Cível da cidade, por meio da juíza Daiene Vaz Carvalho Goulart sentenciou o menor de 15, autor do crime, a pena máxima de 3 anos de internação.

 

Na representação feita pela Polícia Civil, no inquérito finalizado pelo delegado Nilson Farias, ele foi autuado pelos atos infracionais aos delitos de estupro de vulnerável, homicídio qualificado e aborto sem consentimento da gestante.

 

Leia também - Exame confirma que menor de 13 anos morta a pauladas estava grávida

 

Conforme já divulgado pelo , Anna teve um breve relacionamento com o menor, onde tiveram relações sexuais e ela acabou engravidando. Nesse meio tempo, eles pararam de se relacionar, ele passou a ficar com outra menina, que de família nobre na cidade.

 

Quando descobriu que estava grávida, Anna marcou de se encontrar com o agressor, na madrugada de 31 de março, em uma área verde frequentada por usuários de droga, onde foi morta. Seu corpo foi encontrado só no dia 2 de abril, com sinais de violência.

 

De acordo com as informações do Tribunal de Justiça, a juíza “aplicou ao menor medida socioeducativa de internação, por tempo indeterminado, porém, restrita ao prazo máximo permitido por lei, de 3 anos”.

 

Além disso, a cada 6 meses, deverá ser realizado um exame psicossocial para verificar a necessidade ou não da manutenção da medida. Como o processo está em segredo de Justiça, por se tratar de um menor, não há mais detalhes sobre a sentença.

 

Dor da ausência

Na véspera de completar um mês da morte de Anna, a mãe dela, Joyce Nunes, usou uma rede social para desabafar. Na publicação, ela lembra que “fica difícil sorrir quando sei que não irei mais ver você”.

 

Além disso, ela pede que “Deus dê motivos para seguir em frente, porque sinto que nunca mais voltarei a sorrir”. “Um mês, minha filha, e só eu e Deus sabemos aquilo que tenho passado. Ninguém está preparado para perder alguém que ama, muito menos quando é um filho”, continuou.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,07 0,81%

Algodão R$ 93,94 -0,51%

Boi a Vista R$ 140,00 1,08%

Soja Disponível R$ 72,00 0,14%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.