Publicidade

Cuiabá, Sábado 19/10/2019

Judiciário - A | + A

obra empacada 17.09.2019 | 09h48

Audiência do VLT na Justiça Federal é adiada para outubro

Facebook Print google plus
Allan Mesquita - Especial para o GD

allan@gazetadigital.com.br

Christiano Antonucci/Secom

Christiano Antonucci/Secom

O juiz Ciro de Andrade Arapiraca, da Primeira Vara Federal em Mato Grosso, remarcou para 2 de outubro, às 14 horas, a audiência de instrução para oitivas de testemunhas no processo sobre o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT).  A oitiva estava marcada para esta terça-feira (17), mas foi adiada.

 

Leia também -Ex-diretor do DNIT depõe na Polícia Federal sobre suposto enriquecimento de R$ 1,4 mi

 

 

“Para fins de readequação de pauta, redesigno a audiência de instrução anteriormente marcada para dia 17/09/2019, a ser realizada em 02/10/2019, às 14:00 horas. II – Intimem-se, com urgência”, diz trecho do documento. 

 

O processo, proposto em 2012, nasceu de investigação conjunta dos Ministérios Públicos Federal e Estadual, que identificaram uma série de irregularidades, desde a escolha do modal de transporte público até o estudo de viabilidade adequado.   

 

De acordo com o inquérito civil que precedeu a ação civil pública, a própria Secretaria Extraordinária da Copa (Secopa) reconheceu, em um documento encaminhado ao Ministério das Cidades, que o custo de implantação do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) é superior ao dobro do custo de implantação do Bus Rapid Transit (BRT).    

 

No julgamento do mérito da ação, os autores pediam declaração de nulidade do contrato firmado entre o Estado de Mato Grosso e o Consórcio VLT Cuiabá, bem como todo o procedimento licitatório, devido à nulidade consistente na utilização indevida do Regime Diferenciado de Contratação (RDC).   

 

Em abril deste ano, o magistrado julgou improcedente e extinguiu ação que questionava a escolha do modal.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O governo tem um ministro condenado, três denunciados e dois investigados. Está na hora de fazer trocas?

Parcial

Edição digital

Sábado, 19/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,50 1,51%

Algodão R$ 91,31 -0,35%

Boi a Vista R$ 138,00 -0,48%

Soja Disponível R$ 70,00 0,57%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.