Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 12/12/2019

Judiciário - A | + A

BRIGA POR DROGA 26.09.2019 | 15h26

Condenado por matar por R$ 30 pode recorrer em liberdade

Facebook Print google plus

Marcus Vaillant

Marcus Vaillant

O réu Emmanuel Soares Varanda Ramos de Souza foi condenado a 12 anos de prisão por matar o rival com 7 facadas. Interrogado pela juíza Mônica Catarina Perri, da 1ª Vara Criminal de Cuiabá, ele confessou o crime, mas disse que agiu em legítima defesa.

 

Leia também - STF pede informações sobre pagamentos de Alan Malouf registrados em delação

 

O julgamento foi realizado na quarta-feira (25) e, apesar de condenado, ele poderá recorrer da decisão em liberdade. A juíza ponderou que o homem é tecnicamente primário, pois responde a ações penais pelos crimes de ameaça e lesão corporal, porém ainda não houve sentença. Ele tem uma condenação de um ano, por furto.

 

Segundo os autos, o crime aconteceu em 14 de março de 2011, no bairro Tijucal. Emmanuel e a vítima Wanderley Fernandes Delgado eram usuários de entorpecentes e também vendiam o produto. O homicídio teria sido motivado por causa de dívida de drogas.

 

As investigações apontaram que o réu devia dinheiro de drogas para a vítima. No dia do crime, ele teria ido falar com Wanderley e pagou R$ 20 da dívida, com uma nota de R$ 50. Porém, o homem não quis devolver o troco de R$ 30 para o acusado.

 

Por causa do dinheiro, eles brigaram e réu matou a vítima esfaqueada. “[...] o réu efetuou 7 facadas na vítima, causando lesões de no mínimo 3 cm, chegando até 15 cm de extensão, e em regiões altamente letais, como pescoço e tórax, o que demonstra frieza e brutalidade incomum na conduta criminosa que, por sua vez, deve ser mais severamente apenada”, diz trecho da ação.

 

A vítima morreu na hora e o acusado fugiu do local. Dois dias depois, ele se apresentou para a polícia e confessou o homicídio. Ele foi ouvido e liberado.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Sobre projeto de lei que prevê prisão para quem deixar de vacinar criança ou adolescente

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 12/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 17,00 -3,41%

Algodão R$ 92,91 0,53%

Boi a Vista R$ 138,00 0,36%

Soja Disponível R$ 68,60 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.