Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 09/12/2019

Judiciário - A | + A

EM FASE DE SENTENÇA 01.07.2019 | 10h30

Juiz se declara suspeito em ação da Sodoma e processo vai para juíza Ana Cristina Mendes

Facebook Print google plus

Marcus Vaillant

Marcus Vaillant

Titular da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, juiz Jorge Luiz Tadeu Rodrigues, se declarou suspeito na ação penal oriunda da 3ª fase da Operação Sodoma e que já está em sua fase de conclusão.

 

De acordo com o magistrado, a sua participação como substituto em julgamentos em segundo, envolvendo réus que constam no processo, o impede de sentenciá-la.

"Assim, diante do exposto, para que não seja alegada nulidade futuramente, uma vez que participei do julgamento em segundo grau, dou-me por impedido para sentenciar os presentes autos e, determino o imediato encaminhamento dos autos, a minha substituta legal, Drª Ana Cristina Silva Mendes, Gabinete II, da 7ª Vara Criminal desta Capital", diz trecho da decisão do último dia 28 de junho.

 

Leia mais - Empresas são acionadas por dar calote em 214 funcionários

 

Jorge Tadeu afirma que em 2016 chegou a analisar habeas corpus dos ex-secretários Pedro Nadaf e Marcel de Cursi, além do julgamento da "Exceção de Suspeição da Drª Selma Rosane de Arruda, Juíza da 7ª Vara Criminal da Capital, à época dos fatos, cuja exceção foi interposta sob a alegação de parcialidade da referida Magistrada", diz outro trecho da decisão.

Na decisão o magistrado lembra que ainda existem pedido de suspeição com a juíza aposentada e anulação das colaborações premiadas feitas na época.

 

"Portanto, trata-se da mesma tese arguida pela Defesa (“supostos excessos na oitiva dos colaboradores João Batista Rosa, Frederico Coutinho Müller e Filinto Müller, quando da análise das respectivas colaborações”), na Exceção de Suspeição nº 7287/2016, de cujo julgamento participei e que resultou na seguinte decisão: “por maioria, rejeitou a exceção, nos termos do voto do relator, vencido o douto 1º Vogal”, afirma o juiz.

Sodoma

 

A 3ª fase da Operação Sodoma ocorreu em duas etapas (2016), tendo Silval mais uma vez como alvo, o ex-secretário de Administração, Pedro Elias Domingos, o ex-chefe de gabinete do governador Silval Barbosa, Silvio Cezar Correa. Semanas depois foi cumprido mandado de prisão contra o médico Rodrigo Barbosa, filho do ex-governador.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Presidente Jair Bolsonaro foi indicado a Personalidade do Ano pela revista Time

Parcial

Edição digital

Domingo, 08/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,15 -1,95%

Algodão R$ 94,47 0,12%

Boi a Vista R$ 133,83 0,59%

Soja Disponível R$ 69,00 -0,72%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.