Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 13/12/2019

Judiciário - A | + A

primeiro dia de julgamento 06.11.2019 | 14h34

Sem escritório de grampos, Taques perdeu a eleição, diz promotor

Facebook Print google plus
Thalyta Amaral e Pablo Rodrigo

redacao@gazetadigital.com.br

Chico Ferreira

Chico Ferreira

16h02 -  "Temos aqui a mostrar a total promiscuidade", disse o promotor. Mário Edmundo da Costa Marques foi arrolado como testemunha e é um dos melhores amigos do cabo Gerson. Promotor lê trecho da denúncia que diz que sabe que cabo Gerson trabalha com escutas eletrônicas.

 

"Veja a promiscuidade que sabe que a deputada Janaina Riva dava para todo mundo, que o ex-vereador João Emanuel era corno...", diz a denúncia. 


Esse amigo do cabo disse que inclusive empresta dinheiro ao cabo, no rol de números indevidamente interceptadas está lá Edmundo Costa Marques. Para induzir, o erro e a justiça e o MPE, ele era colocado como seguranca-capanga de uma fazenda.

 

15h100 - Allan do Ó afirma que o êxito da grampolândia pantaneira nas eleições de 2014 favoreceu muito para que Zaqueu Barbosa fosse escolhido o comandante geral da Polícia Militar na gestão Taques.

 

Allan do Ó afirma que além dos crimes militares que os 5 militares respondem, deveriam responder por crimes de organização criminosa e de grampos

 

15h16 - Allan do Ó começa a ler a denúncia e contextualizar cada passa do início da montagem do esquema criminoso

 

14h56 - Promotor de Justiça Allan do Ó inicia a acusação não descartando a possibilidade que Pedro Taques só foi eleito governador do Estado em 2014, por conta do escritório de grampos. "É claro que obteve vantagem ao monitorar os adversários", disse.

 

Allan do Ó ainda diz que quando Pedro Taques disputou sem o escritório de grampos, perdeu no primeiro turno "E ainda com a máquina na mão', disse em tom.sarcástico

 

A defesa do ex-governador Pedro Taques (PSDB) solicitou ao promotor de Justiça Allan do Ó, a suspensão do julgamento da Grampolândia Pantaneira, que começou na tarde desta quarta-feira (6), na 11ª Vara Militar de Cuiabá.

 

De acordo com o advogado de Taques, Emanoel Figueiredo, o coronel Zaqueu Barbosa revelou à delegada Ana Cristina Feldner que o ex-governador deu ordem para que as placas Wytron, utilizadas no esquema de grampos ilegais, fossem destruídas.

 

Leia também - Cinco réus militares serão julgados pela grampolândia pantaneira

 

Esse fato foi omitido durante todo o processo que começa a ser julgado nesta quarta, o que afeta o andamento de todo o trâmite. “Um pedido de delação unilateral não pode ser feito com contradições e o próprio delator, em uma outra oportunidade, alegou uma situação que nunca foi dita por ele”, argumenta o advogado.

 

Sobre os motivos para essa nova acusação, a defesa de Taques afirma que a intenção é reduzir a condenação. “A delação, quanto mais pra cima você joga, mas você se livra. Nem conhecimento sobre qualquer tipo de escuta ele [Taques] tinha. Eles dizem que a ordem partiu do governador, a partir de um encontro que ele teve sozinho no palácio com o governador. Isso é impossível”.

 

Ainda segundo a defesa do ex-governador, o advogado do coronel Zaqueu procurou o coronel Airton Siqueira e feito ameaças - usando um vídeo em seu celular - para que Siqueira se dispusesse a depor contra Pedro Taques.

 

 

 

Veja vídeo 

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Qual sua opinião sobre a propaganda partidária em rádio e TV?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 13/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,70 -1,99%

Algodão R$ 90,18 0,24%

Boi a Vista R$ 135,67 0,50%

Soja Disponível R$ 64,70 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.