Publicidade

Cuiabá, Sábado 15/08/2020

Mande seu Whats - A | + A

BURACO ABERTO 04.06.2020 | 14h10

Morador reclama de obra parada no Residencial Coxipó

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Quem mora no bairro Parque Residencial Coxipó sofre com o transtorno de uma obra inacabada. Há meses a Prefeitura de Cuiabá abriu a rua para reparos na rede de esgoto e desde então o buraco está aberto, com montes de terra ao lado e manilhas. Além de prejudicar o tráfego, a situação representa risco, pois não está sinalizada.


Leia também -Menino precisa de ajuda para tratamento de tumor em SP

 

De acordo com a placa de informações da atividade, se trata de uma obra de drenagem pluvial e pavimentação asfáltica que contemplaria várias ruas do Residencial Coxipó. Orçado em R$ 973.252,68, os reparos deviam ter começado em 22 de agosto de 2019 e concluídos em fevereiro de 2020, o que não ocorreu.


No informativo consta que o feito é financiado por dinheiro da Caixa Econômica Federal (CEF) e Cuiabá.


Em contato com o GD, um morador relatou que as reclamações quanto a paralisação da obra e o risco que ela oferece são constantes, mas que nada adiantam as queixas.


“Rua está intransitável, cheia de buracos abertos sem sinalização. Tem várias reclamações no Ministério Público”, diz o morador.


A rua faz parte do trajeto de crianças que frequentam a Escola Municipal José Torquato da Silva. Agora, devido à pandemia, as aulas estão suspensas, no entanto quando retornarem para a sala de aula, o trajeto se tornará uma verdadeira corrida com obstáculos.


Nota de esclarecimento

 

Em relação à demanda do Residencial Coxipó, a Prefeitura de Cuiabá informa que:

 

- A Secretaria de Obras Públicas notificará a empresa contratada para que garanta uma solução o mais breve possível para a situação e garanta a segurança necessária à população durante a execução dos trabalhos.

 

- A primeira etapa do bairro está recebendo obras de construção de rede drenagem e pavimentação. 

 

- Neste momento, empresa atua na construção dos poços de visitas que compõem o sistema de rede de drenagem. 

 

- Na via em questão, a mesma está aguardando a chega dos materiais adquiridos para a realização do reparo nas rede de água e esgotamento. 

 

- A execução de um patrolamento na via, sem que esse reparo seja efetuado, a transformará em um atoleiro, por conta da umidade ocasionada pelos vazamentos.

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 14/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26,20 0,96%

Algodão R$ 115,19 1,09%

Boi a Vista R$ 135,67 0,25%

Soja Disponível R$ 67,80 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.