Publicidade

Cuiabá, Sábado 15/08/2020

Mande seu Whats - A | + A

fora de controle 23.06.2020 | 18h50

Pacientes esperam horas e vão embora sem atendimento de UPAs e policlínicas

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Falta de Remédio / Medicamentos

Moradores de Cuiabá e Várzea Grande que procuram atendimento nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) e policlínicas relataram horas de espera e muitos vão embora sem consultar com o médico. Os motivos que as levam a buscar a unidade de saúde são os mais diversos. No entanto, a maiora tem os sintomas da covid-19.


Leia também -Em vídeo, homem denuncia retirada de única linha de ônibus

 

Uma internauta relatou ao que acompanhou o pai, de 60 anos, até a UPA Cristo Rei e não foram atendidos. Eles chegaram à unidade às 14h40 e esperaram até 23h40, horário em que encaminhou a denúncia ao . O fato ocorreu na segunda-feira (22). O idoso está com sintomas de covid-19.


Situação semelhante foi narrada por uma moradora de Cuiabá que procurou atendimento na UPA Morada do Ouro, também na segunda. Ela relatou que chegou ao local às 16h. Por volta de 20h30 foi informada que quem estivesse na classificação verde (não urgente) não seria atendido, pois havia só um médico no plantão. “Persisti até as 2h, mas sem sucesso”, narrou a mulher.


“Naquele exato momento estava assintomática, porém, no decorrer do dia, apresentei sintomas e precisava de um exame de físico e laboratoriais para avalição. Como pode deixar só um médico para atender a todos os clientes da UPA”, questiona indignada a paciente.


Depois a mulher conseguiu fazer exame e espera o resultado, que deve ficar pronto essa semana. Ela está com suspeita de covid.


Na semana passada, uma moradora encaminhou denúncia semelhante referente a Upa do Pascoal Ramos. O local estava lotado e não havia distinção entre quem estava com suspeita de covid e dos que apresentavam outros sintomas.


Outro lado
A assessoria da Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá (SMS) foi procurada e encaminhou a seguinte nota:
A Secretaria Municipal de Saúde informa:


-Diante do grande número de pessoas infectadas na capital, todas as UPAs e Policlínicas estão lotadas de pacientes procurando atendimento.


-As UPAs e Policlínicas seguem a tabela de classificação de risco onde as urgências e emergências são classificadas como vermelho, amarelo, laranja e roxo. Estas classificações são atendidas imediatamente. Os verdes e azuis, que na prática deveriam procurar as unidades básicas de saúde, podem aguardar mais de 2h sem riscos ou danos à saúde.


-Os efeitos da pandemia também estão atingindo a Secretaria de Saúde. Para se ter noção, apenas neste mês mais 200 médicos e mais de 400 profissionais entre técnicos e enfermeiros apresentaram atestado e estão afastados, o que causa um déficit de profissionais nas unidades.


-Os pacientes que forem às unidades serão atendidos conforme a classificação de risco, mas é preciso ter paciência, porque infelizmente o número de pessoas que precisam de atendimento é alto.


-Para manter o atendimento o mais próximo do normal possível, a gestão Emanuel Pinheiro está se desdobrando para contratar novos profissionais, mas já há escassez desses profissionais com perfil, por todo o país.


-Vale ressaltar a importância de se manter o isolamento social, saindo apenas para realizar tarefas estritamente necessárias, para diminuir as chances de se contaminar com o vírus.


A assessoria da Prefeitura de Várzea Grande foi procurada e informou que o sistema está esgotado e não há vagas nas unidades de referência para covid-19 “os pacientes graves são mantidos nas unidades e os demais, após atendidos, recebem a recomendação de ficar em isolamento domiciliar”.


Esta matéria foi produzida por meio de sugestão de um internauta. Você também pode participar, enviando o pedido ao WhatsApp do Gazeta Digital. Para enviar sugestões, fotos e vídeos o número é (65) 9 9987-2065. Ou no in box do Facebook.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 14/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,00 -2,68%

Algodão R$ 94,32 -1,48%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 67,80 -0,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.