Publicidade

Cuiabá, Domingo 22/09/2019

Mundo - A | + A

dívidas 30.08.2019 | 17h30

Argentina recupera classificação de risco após ser rebaixada

Facebook Print google plus

David Fernánde

David Fernánde

A agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) anunciou que ainda hoje (30) a Argentina deixará a classificação SD (selective default), que lhe foi atribuída na tarde de ontem (29), após o governo anunciar, unilateralmente, que vai prorrogar o pagamento de dívidas com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

 

Leia também - 100 mil contribuintes estão cadastrados na Nota MT; próximo sorteio será dia 12

 

Com o anúncio do governo de "novos termos e condições" para o pagamento de seus compromissos, a S&P informou que subirá novamente a classificação do país. O país deve ser elevado à categoria CCC para as dívidas de longo prazo e à categoria C, para as de curto prazo.

 

Um país recebe a nota SD quando a agência de classificação de risco entende que há uma violação de uma ou mais de suas obrigações financeiras, de longo ou curto prazo.

 

A Argentina foi rebaixada por descumprir uma série de pagamentos, apesar de ter mantido outros. Na noite da última quarta-feira (28), o ministro da Fazenda da Argentina, Hernán Lacunza, anunciou que iniciará a renegociação dos prazos para pagar a dívida com o Fundo Monetário Internacional (FMI), "para defender a estabilidade cambial em curto, médio e longo prazos".

 

No ano passado, a Argentina recebeu um empréstimo de US$ 57 bilhões. A primeira parcela deveria ser paga, a princípio, em 2021.

 

"A Argentina não tem um problema de solvência, mas de liquidez a médio prazo", disse Lacunza, ressaltando que o país está comprometido com os pagamentos.

 

Além da renegociação da dívida com o FMI, o governo também anunciou que, quanto às dívidas de curto prazo, faria o reagendamento dos pagamentos de títulos em dólares a investidores institucionais, que detêm 10% desses papéis na Argentina.

 

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, garantiu que se encarregará do problema das dívidas e pediu à oposição apoio para avançar com o vencimento dos prazos.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Os brasileiros estão menos felizes neste ano em comparação com o ano passado, segundo pesquisa. Qual a causa?

Parcial

Edição digital

Domingo, 22/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,30 -0,47%

Algodão R$ 92,53 -0,04%

Boi a Vista R$ 134,50 0,84%

Soja Disponível R$ 67,65 -0,51%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.