Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 28/09/2020

Mundo - A | + A

alimentos no futuro 15.08.2020 | 08h43

Cientista sueco defende canibalismo como maneira de conter as mudanças climáticas

Facebook Print google plus

Reprodução/bigthink

Reprodução/bigthink

O cientista sueco Magnus Söderlund causou polêmica ao defender que, para conter os efeitos nocivos das mudanças climáticas, nós precisamos começar a praticar canibalismo.


Obviamente ele não está se referindo ao canibalismo total como registros indicam que já foram cometidos por alguns povos antigos.


Em vez disso, ele pensa que se superarmos alguns tabus, poderemos considerar comer cadáveres humanos.Ele se apresentou no Gastro Summit, um programa focado em "alimentos no futuro" num canal da TV sueca.

 

Leia também - Menino de 7 anos morre ao ser atingido por tiro acidental feito por avô na Itália


Segundo ele, "despertar a ideia que comer carne humana deve ser discutido como uma opção futura".


Seu PowerPoint tinha o título: "Você consegue imaginar comer carne humana?".


E incluía tópicos como "O canibalismo é a solução para a sustentabilidade alimentar no futuro?" e "Somos nós, humanos, egoístas demais para viver de maneira sustentável?".


Argumentou dizendo que futuras fontes de alimentos provavelmente ficarão cada vez mais escassas. Portanto, as pessoas teriam que pensar fora da caixa para obter seu sustento.


Além de cadáveres humanos, devem ser considerados animais de estimação e insetos como gafanhotos e minhocas.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Na sua opinião, por que tantos candidatos milionários querem entrar na política?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 28/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 1,28%

Algodão R$ 91,29 -1,02%

Boi a Vista R$ 129,25 -0,49%

Soja Disponível R$ 69,60 -0,71%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.