Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 26/10/2020

Mundo - A | + A

denúncia 16.09.2020 | 15h43

Enfermeira denuncia que imigrantes detidas nos EUA tiveram útero retirado

Facebook Print google plus

Getty images

Getty images

Uma enfermeira que trabalhava em um centro de imigrantes na Geórgia, nos Estados Unidos, denunciou às autoridades que o local fazia cirurgias irregulares de remoção completa ou parcial do útero das mulheres detidas, além de não realizar testes de covid-19 nos presos.

 

A denúncia surpreendeu autoridades migratórias e parlamentares americanos, principalmente democratas, que informaram na terça-feira (16) que vão investigar a acusação.

 

Leia também - Grife francesa Louis Vuitton lança escudo contra o coronavírus de mais de R$ 4 mil

 

A denunciante, identificada como Dawn Wooten, disse que no centro é difícil não encontrar uma mulher que tenta passado pela cirurgia ou que não conheça alguém que se submeteu à operação. No relatório da denúncia, ela conta que uma jovem passou pelo médico para retirar o ovário esquerdo, que tinha um cisto. Na operação, retiraram o direito. Quando ela voltou à mesa de cirurgia, retiraram todo o útero.

 

Wooten também diz que as mulheres não entendiam o que estava acontecendo e quais as consequências da cirurgia.

 

Procurada pela CNN, a agência de Imigração e Alfândega dos EUA, o ICE, na sigla em inglês, disse que não comenta casos isolados, mas vai averiguar a situação e garantiu que este tipo de operação não seria feito sem o consentimento da paciente.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 26/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.