Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 26/05/2020

Mundo - A | + A

reflexos da Covid-19 02.04.2020 | 11h48

Equador vive colapso funerário com corpos e caixões jogados na calçada

Facebook Print google plus

Foto: Vicente Gaibor del Pino

Foto: Vicente Gaibor del Pino

Guayaquil, no Equador, é uma das cidades mais atingidas pela pandemia de coronavírus, com um alto número de infectados proporcionalmente à sua população. As mortes provocadas pela covid-19 fizeram o sistema funerário da cidade entrar em colapso. Famílias precisam aguardar dias para enterrar seus mortos. Na foto, caixões com vítimas de covid-19 são depositados na calçada em frente ao Hospital Guasmo Sur General.

 

A situação é tão trágica que corpos têm sido abandonados nas ruas, mesmo sem caixão, à espera de que os serviços funerários os recolham.

 

Leia também - Donald Trump pede que norte-americanos se preparem para 'semanas duras' no país

 

O presidente do Equador, Lenin Moreno, criou uma força-tarefa para responder à demanda por serviços funerários em Guayauil. As funerárias improvisam maneiras de carregar caminhotes para transportar caixões com vítimas de covid-19
O coordenador da força-tarefa, Jorge Wated, disse à agência EFE que a pouca capacidade das empresas funerárias da cidade dificulta dar conta da demanda em alta. O Equador também está em toque de recolher diário a partir das 14h, o que diminui o horário para o transporte. Na foto, um caminhão guincho é usado como carro funerário.

 

Em alguns casos, as próprias famílias providenciam o transporte dos caixões até os cemitérios. Na foto, caixão e carro são desinfectados antes de entrar no local do funeral.

 

Familiares conversam com funcionários de cemitério. Dados sobre mortes por covid-19 mostram que letalidade no Equador não é maior do que a média mundial, mas a província de Guayas concentra quase 70% dos casos, a imensa maioria na capital, Guayaquil.

 

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A constante troca de ministros pelo presidente Jair Bolsonaro compromete a sua gestão?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 26/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,40 1,18%

Algodão R$ 89,64 -0,46%

Boi a Vista R$ 135,00 0,00%

Soja Disponível R$ 65,30 -0,76%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.