Publicidade

Cuiabá, Sábado 15/08/2020

Mundo - A | + A

ESQUARTEJADO 20.07.2020 | 09h45

Polícia dos EUA investiga assassinato brutal de empresário em apartamento de luxo

Facebook Print google plus

Reprodução Instagram

Reprodução Instagram

A polícia de Nova York está investigando o brutal assassinato de um empresário de 33 anos, que foi achado morto em seu próprio apartamento em uma das regiões mais nobres da cidade, na última terça-feira (14).

 

Segundo a imprensa local, o corpo do bengalês naturalizado norte-americano Fahim Saleh foi encontrado desmembrado dentro do imóvel pela irmã dele. Imagens do circuito de segurança do condomínio mostram o assassino deixando o apartamento e fugindo pela escada enquanto ela subia pelo elevador.

 

Leia também - A vida quase de volta ao normal para brasileiros que moram em outro país

 

O criminoso, que usou um taser para atordoar o empresário antes de matá-lo com várias facadas no peito, usou uma serra elétrica para cortar os membros e a cabeça da vítima e limpava a cena do crime quando ouviu a campainha da entrada do condomínio. Por isso, ele fugiu antes de concluir.

 

"Vestido como um ninja"
Segundo uma fonte da polícia novaiorquina que viu as imagens do condomínio e relatou ao jornal New York Daily News, o suspeito "estava vestido como um ninja, todo coberto, não dava para ver nem o rosto"

 

"Ele claramente sabia o que estava fazendo. Achamos que ele pretendia se livrar do corpo e voltar para terminar a limpeza, para parecer que nada tinha acontecido ali. Fugiu antes de terminar", relatou a fonte. Os investigadores suspeitam que o crime tenha sido motivado por algum desentendimento de negócios.

 

A câmera de um dos elevadores gravou o momento em que o empresário chegou em casa na última segunda-feira. As imagens mostram Saleh entrando no elevador, seguido por um homem de terno e luvas, mas com o rosto encoberto por um chapéu e uma máscara do tipo usado contra o coronavírus.

 

A irmã de Saleh foi procurá-lo no apartamento no Lower East Side porque estava preocupada. Ela tinha tentado contato com ele e não foi atendida.

 

Origens
Saleh nasceu na Arábia Saudita, mas seus pais eram de Bangladesh. Ele viveu desde a infância nos EUA, aprendeu programação e criou aplicativos de transporte que geraram milhões de dólares, como o Pathao, popular em Bangladesh e no Nepal, e o Gokada, principal app de mototáxis da Nigéria.

 

Ele havia comprado o apartamento no ano passado por US$ 2,25 milhões (cerca de R$ 12 milhões).

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 14/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26,05 -0,38%

Algodão R$ 90,18 0,56%

Boi a Vista R$ 136,50 0,18%

Soja Disponível R$ 64,70 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.