Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 05/12/2019

Polícia - A | + A

Deu em A Gazeta 02.08.2019 | 07h46

12 são presos por estupro em 10 dias; última vítima tem 6 anos

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Ex-presidiário volta para prisão depois de ser denunciado pela própria mãe pelo estupro da sobrinha de 6 anos. Tiago Santos da Silva, 33, foi preso pela Polícia Militar, na tarde de quinta-feira (1º), no bairro Tijucal, em Cuiabá. Em 10 dias, 12 acusados de estupro de vulnerável foram presos no Estado. Neste último, a criança já possui histórico de abuso anterior, pelo padrasto.

 

Com passagens por crimes de homicídio, roubos e porte de arma, o acusado estava morando há 3 semanas na casa da mãe, onde pediu para ficar por estar desempregado e ter dificuldades para se manter. O abuso teria ocorrido durante a madrugada e a avó suspeitou devido a mudança brusca de comportamento da menina que era muito apegada ao tio e subitamente disse que não iria mais abraçá-lo.

 

Ao chegar da escola, na hora do almoço, apresentou um quadro agudo de diarreia. Questionada pela avó, acabou confirmando que durante a madrugada o tio aproveitou o momento em que a avó dormia e a retirou do quarto e depois de despi-la passou a acariciá-la em seu “bumbum”. A avó disse que quando o acusado foi morar com ela a neta ficou muito próxima dele e sempre o abraçava, demonstrando carinho. Mas a mudança brusca no comportamento dela, evitando ele, reforçou as suspeitas.

 

Relatos da avó apontam para histórico anterior de abuso da criança. A mãe, que é usuária de drogas, mora em outro estado e o filho dela, que seria o pai da vítima, está morto. A avó R.S. obteve a guarda definitiva da criança após os relatos de abusos pelo companheiro da mãe. Emocionada, revelou que entende a situação e o sofrimento da neta, pois também foi vítima de abuso sexual na infância e, por isso, não conseguiu realizar o sonho de casar virgem, de véu e grinalda.

 

Tiago, por sua vez, nega as acusações. Disse que tudo não passa de invenção da própria mãe, que quer prejudicá-lo pois tem mágoa pelo fato dele ter tentado matar um dos meio-irmãos.

 

A criança foi encaminhada para exames periciais no Instituto de Medicina Legal (IML), com apoio do Conselho Tutelar. Após interrogatório, o delegado plantonista Luiz Henrique de Oliveira autuou Tiago por estupro de vulnerável e ele deve seguir nesta sexta-feira (2), para audiência de custódia.

 

O flagrante será encaminhado para a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança (Deddica), que dará sequência às investigações e finalizará o inquérito. A vítima passará por atendimento psicossocial da Especializada.

 

Confira reportagem completa na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Ondas de manifestações ocorridas em países como Chile e Colômbia podem chegar ao Brasil?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 05/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,95 -0,26%

Algodão R$ 89,69 -0,34%

Boi a Vista R$ 139,00 0,72%

Soja Disponível R$ 65,10 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.