Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 13/11/2019

Polícia - A | + A

Operação em Mirassol 17.10.2019 | 15h53

15 membros de facção são presos por matar 4 em 11 dias

Facebook Print google plus

Lenine Martins

Lenine Martins

Operação Abddon, desencadeada na manhã desta quinta-feira (16) em Mirassol D'Oeste (300 km de Oeste) pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), prendeu 15 acusados de homicídios e tráfico de drogas. 

 

Segundo a Polícia Civil, os suspeitos são membros de uma facção criminosa com atuação em toda região Oeste. Também foram apreendidas 4 armas de fogo, entre elas um revólver, uma pistola, duas carabinas, 6 quilos de maconha e pasta base de cocaína e 4 veículos.

 

Leia também - Mulher embriagada bate veículo em poste no CPA 3

 

Dos 15 presos, dois  foram conduzidos inicialmente para averiguação. Com base nas investigações da Polícia Civil, a Justiça também decretou 19 mandados de busca e apreensão domiciliar nos endereços dos investigados, de familiares e de outras pessoas que têm relação com o grupo criminoso.

 

O delegado Alexandre Silva Nazareth disse que a partir desta primeira fase da operação será possível aprofundar as investigações. “Além dos mandados contra os integrantes do grupo já identificados, o objetivo da operação era a apreensão de aparelhos telefônicos e outros documentos que auxiliem a chegar a outros membros da facção, assim como identificar outros crimes praticados por ela”, destacou.

 

Para o tenente-coronel da Polícia Militar, Antônio Nivaldo de Lara Filho, a operação é importante para deter a criminalidade na fronteira. "Os resultados obtidos fazem parte do trabalho conjunto das unidades policiais de Mato Grosso para a repressão da criminalidade na região de fronteira”, afirmou. 

 

Sobre a operação

A operação integrada contou com a participação de cerca de 90 agentes entre policiais civis, militares, do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) e Sistema Prisional.

 

O grupo criminoso é investigado há cerca de dois meses pela Polícia Civil. O trabalho foi iniciado após a ocorrência de uma série de homicídios ocorridos em Mirassol D'Oeste, em que foram identificadas a autoria do grupo criminoso.

 

Segundo as investigações, o grupo foi responsável por pelo menos, 4 homicídios, ocorridos entre os dias 8 a 19 de setembro. As vítimas foram  Roni Alvarenga da Silva, Joelson Adivinei Alves de Sá, Amarildo Gomes Gonçalves e Cleber da Silva Ribas.

 

Desaparecidos 

Duas pessoas que estão desaparecidas do município também são apontadas como possíveis vítimas da facção criminosa. Todas as vítimas seriam integrantes do grupo que teriam descumprido regras impostas pela facção e que tiveram como pena a morte. Além dos homicídios, a facção também aplica penas de tortura a integrantes que descumpre as regras impostas. (Com informações da assessoria)

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

O fraco desempenho de um time de futebol é culpa do técnico ou jogadores?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 13/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,05 1,52%

Algodão R$ 94,26 -0,50%

Boi a Vista R$ 134,00 -0,30%

Soja Disponível R$ 69,00 -1,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.