Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Polícia - A | + A

No Santa Izabel 30.05.2020 | 10h58

Após morte de suspeito de tráfico, policiais são alvo de tiros

Facebook Print google plus
Eduarda Fernandes

eduarda@gazetadigital.com.br

Lenine Martins/Sesp-MT

Lenine Martins/Sesp-MT

A morte de um suspeito de tráfico de drogas no bairro Santa Izabel, em Cuiabá, na madrugada deste sábado (30), causou revolta em seus familiares e gerou confronto entre eles e policiais. Para dispersar a população que arremessava pedras contra as viaturas, foram usadas munições de impacto controlado, granadas explosivas, spray de pimenta e granadas de fumaça. Após afastar as pessoas, a equipe policial foi alvo de disparos similares a de armas automáticas (fuzil).

 

Em meio à confusão, o veículo de reportagem do Grupo Gazeta que realizada a cobertura da ocorrência em tempo real foi apedrejado por criminosos que se manifestaram em represália a ação policial. Segundo relato do jornalista Giovani Júnior, repórter da TV Vila Real, "Chegando na blazer da Gazeta, jogaram duas pedras no vidro traseiro e fez com que quebrasse todo o vidro", conta.

 

Leia também - Procurado pela Justiça é preso após denúncia de aglomeração

 

Toda a ocorrência durou entre 3 a 4 horas. O suspeito tinha três passagens por tráfico de drogas, uma por porte ilegal de arma de fogo (disparo contra equipe policial) e uma por desobediência.

 

Grupo Gazeta

Carro do Grupo Gazeta atingido por pedra

 

Conforme o boletim da ocorrência, após a troca de tiros que gerou a morte do suspeito, foram acionados Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), Instituto Médico Legal (IML) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec). O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também se fez presente no local e constatou o óbito do suspeito.

 

Foi neste momento, de espera da chegada dessas autoridades, que teve início a confusão, conta a PM. Vários parentes da vítima se aproximaram do local de crime e passaram a arremessar pedras contra os militares. Para se proteger, policiais formaram uma equipe de choque motorizado, que realizou a dispersão das pessoas com munições de impacto controlado, granadas explosivas, spray de pimenta e granadas de fumaça.

 

"Após a dispersão, alguns criminosos, não identificados, realizaram disparos com armas de grande poder de destruição, sendo a cadência dos tiros similar a de armas automáticas (fuzil); que alguns destes disparos foram vistos passando acima das equipes e se tratavam de munições traçantes", detalha o boletim.

 

O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), bem como viaturas de área dos batalhões da Capital foram acionados para prestar apoio e coibir o ataque feito contra as equipes. "[...] que estes fatos aconteceram durante a perícia no local de crime; que todo o material ilícito foi apreendido e devidamente lacrado pelos peritos criminais presentes; que após encerrados os procedimentos técnicos as equipes deslocaram para confecção de b.o. e durante a saída do bairro vários manifestantes lançaram pedras contra as equipes sendo novamente necessário o uso de munições de impacto controlado", segue a narrativa da ocorrência.

 

Ainda conforme o boletim, a arma que estava em posse do suspeito criminoso foi checada e constou como produto de roubo/furto de empresa de segurança. Além disso, a PM informou que em datas anteriores ele envolveu-se em troca de tiro com equipe policial. Os fatos foram reportados à Corregedoria da Policia Militar de Mato Grosso e ao Comandante da Rotam.

 

A morte

De acordo com o boletim de ocorrência, a equipe da polícia, durante patrulhamento tático no bairro Santa Isabel, em Cuiabá, recebeu informações de um indivíduo conhecido como Vitinho estaria no final da avenida Beira Rio, portando arma de fogo e comercializando grande quantidade de entorpecentes na porta de sua residência.

 

De imediato, a equipe fez contato com duas outras equipes do Batalhão de Ronda Ostensiva Tática Móvel (Rotam), que se deslocaram até a referida localidade e fizeram o cerco pelos fundos e lateral na residência informada. Durante o cerco, policiais avistaram o suspeito correndo para o interior da casa com uma arma de fogo na mão. Ele fugiu pulando muros e telhados e se esconder em uma casa em construção.

 

"Ao ser encontrado ofereceu resistência apontando a arma na direção da equipe e de imediato os militares agiram diante da injusta agressão iminente", narra o boletim.

 

Materiais apreendidos

Policiais apreenderam na cena do crime 132 trouxas de substância análoga a pasta base, uma porção grande de substância análoga à pasta base, 20kg de substância análoga à ácido bórico, um revólver calibre 38 e 16 munições calibre 38. Participaram a ação as equipes Rotam CMDO, Rotam 90 e Rotam 13. Prestaram apoio as equipes FT Comando, FT 90, equipes de área do 3º BPM e do 10° BPM.

 

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Francisco Trabalhador - 30/05/2020

CADÊ A FORÇA TÁTICA QUE GOSTA DE CHEGAR ATIRANDO. CONTRA TRAFICANTES ELES NÃO ATUAM ?

1 comentários

1 de 1

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,41 0,47%

Algodão R$ 89,93 0,01%

Boi a Vista R$ 134,82 0,00%

Soja Disponível R$ 57,00 -2,56%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.