Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 24/09/2020

Polícia - A | + A

INJÚRIA RACIAL 08.08.2020 | 15h38

Cliente não paga lanche e xinga entregador de 'preto vagabundo'

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Um homem de 61 anos foi encaminhado à delegacia após se recusar a pagar por um lanche e xingar o entregador de 'preto vagabundo'. O caso foi registrado no bairro Real Parque, em Cuiabá, na noite de quinta-feira (06).

 

Informações da Polícia Militar apontam que os agentes foram acionados pelo entregador que, após entregar a encomenda do suspeito, recebeu metade de uma nota de R$ 50 como pagamento. O trabalhador então foi ofendido ao questionar o cliente sobre o dinheiro.

 

Leia também - Adolescente é arrastada para mata e tem roupas rasgadas por homens

 

Segundo relato da vítima, ele fez a entrega do pedido, no valor de R$ 21, e já havia entregado o troco quando verificou a nota rasgada. As ofensas foram proferidas no momento em que o entregador pediu a encomenda de volta ou o pagamento correto.

 

Em resposta à cobrança, o cliente disse: 'Você é um preto vagabundo, vou buscar uma arma para dar um tiro na sua cara'. A polícia foi acionada, mas mesmo com a presença dos militares o suspeito continuou ofendendo a vítima.

 

Diante da situação, as partes foram levadas à delegacia, onde um boletim de ocorrência foi registrado por injúria racial mediante preconceito e ameaça. O caso será investigado pela Polícia Civil.

 

De acordo com o artigo 140 do Código Penal, o crime de injúria racial pode render ao suspeito de um a seis meses de prisão ou ainda o pagamento de multa.

 

Atualmente, tramita no Senado Federal um Projeto de Lei que visa estabelecer em, no mínimo, três anos o tempo de reclusão em casos de injúria racial.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 24/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,45 -1,07%

Algodão R$ 90,57 -0,52%

Boi a Vista R$ 134,40 1,17%

Soja Disponível R$ 75,00 -0,66%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.