Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 19/09/2019

Polícia - A | + A

Barbárie 24.08.2019 | 08h59

Comerciante confessa ter matado mulher por causa de dívida de R$ 14 mil

Facebook Print google plus

Reprodução/Só Notícias

Reprodução/Só Notícias

O comerciante Leandro José Reis, 41, confessou ter assassinado a repositora de supermercado, Hélida Cristina da Silva Fardin, 35. Ela estava desaparecida desde segunda-feira (26) e o corpo foi encontrado na sexta-feira (23). Desde o dia do desparecimento, havia uma mobilização de familiares e amigos para encontrar a mulher no município de Sinop (distante 500 km ao Norte).

 

Conforme o delegado, Carlos Eduardo Muniz, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Reis confessou ter assassinado a mulher devido a cobrança de uma dívida de R$ 14 mil. 

 

Leia também - Homem com mandado de prisão por homicídio é preso pela Polinter

 

“Conseguimos cruzar algumas incoerências na versão do suspeito, que, inicialmente, foi ouvido como testemunha. Algumas coisas não batiam com o que levantamos anteriormente. Quando confrontamos a versão do acusado pela primeira vez, ele conseguiu segurar. Mas trouxe outras incoerências que passamos a investigar. Por estas outras incoerências, o intimamos até a delegacia novamente e ele não encontrou outra saída, se não confessar o delito e apontar onde estava o corpo”, disse o delegado, conforme informações do site Só Notícias. 

 

De acordo com o acusado, na segunda-feira à tarde, a repositora foi até o restaurante do suspeito, localizado no centro de Sinop, para cobrar uma dívida. E, neste momento, segundo ele, passou a ficar irritado, pegou uma corda de varal e enforcou a trabalhadora. 

 

Ele disse que estava em momento de fúria. Em seguida, narrou que embrulhou o corpo com sacos plásticos e prendeu com fitas isolantes. Horas depois, o supseito fisse que colocou o corpo no porta-malas do carro e ocultou o cadáver. 

 

A polícia apurou que Hélida e o marido mantinham relação de amizade com o acusado. O casal emprestava dinheiro cobrando juros. Agora a polícia busca informações detalhadas sobre estes empréstimos e se não existe outro montante envolvido. Hélida será sepultada neste sábado em Sinop. (Com informações do Só Notícias)

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Menos de 10% dos profissionais com deficiência ocupam cargos de liderança

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 19/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,55 0,94%

Algodão R$ 96,68 -0,45%

Boi a Vista R$ 136,29 -0,23%

Soja Disponível R$ 67,30 0,60%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.