Publicidade

Cuiabá, Sábado 08/08/2020

Polícia - A | + A

CONDENADA POR RECEPTAÇÃO 01.08.2020 | 13h54

Condenada por receptação, empresária é detida com R$ 58 mil em condomínio

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Condenada por receptação qualificada, S.E.N.O., que era proprietária da 'Central Celular', em Cuiabá, foi detida pela Polícia Militar com 46 aparelhos celulares sem nota fiscal e R$ 58 mil em seu condomínio, na tarde de quinta-feira (30).

 

A suspeita foi condenada por receptação em junho deste ano, quando a juíza Silvana Ferrer Arruda, da 5ª Vara Criminal, julgou o caso em que a empresária havia sido presa no ano de 2015 com 250 celulares roubados avaliado em cerca de R$ 300 mil. Com a decisão, a ré foi condenada a três anos de prisão em regime aberto.

 

Leia também - Cinco homens são presos e maquinário é apreendido em garimpo ilegal

 

Pouco mais de um mês após a decisão condenatória, a mulher foi novamente detida com celulares Iphones, notebooks e Ipads sem nota fiscal. Além disso, a polícia também localizou R$ 58 mil em espécie e dólares no endereço da suspeita.

 

A PM chegou até a empresária após prender dois homens que tentavam vender um carro Honda City utilizado para furtos. Os militares receberam uma denúncia de que o veículo teria entrado na cidade de Várzea Grande e então localizaram o automóvel em uma garagem de compra e vende de carros da cidade.

 

No local, os agentes localizaram o primeiro suspeito, que tentou disfarças as atividades criminosas fingindo que estaria negociando um carro com outra pessoa. Contudo, a polícia chegou o sistema de câmeras e verificou que o homem entrou na loja com o Honda City.

 

Além dele, um segundo suspeito também estava no carro. Este outro homem foi localizado dentro de um porta-malas escondido. À polícia, os suspeitos disseram que estavam tentando vender o Honda City, uma vez que o veículo já estaria 'queimado' no sistema da polícia.

 

Os suspeitos também contaram que a venda teria sido ordenada pela mulher, ocasião em que os militares se dirigiram à casa da suspeita e localizaram os aparelhos de origem desconhecida e o dinheiro.

 

Um boletim de ocorrência foi lavrado pelo crime de contrabando e os suspeitos foram detidos pelos militares. O caso será investigado pela Polícia Civil do município.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

cidao - 01/08/2020

onde está o nome da mulher e onde ela mora?

1 comentários

1 de 1

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 07/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,45 0,21%

Algodão R$ 94,21 0,53%

Boi a Vista R$ 136,33 -0,49%

Soja Disponível R$ 65,20 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.