Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 29/09/2020

Polícia - A | + A

Militares alegam confronto 11.08.2020 | 20h00

Corregedoria apura conduta de policiais do Bope em ação que matou seis acusados

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

A Corregedoria da Polícia Militar abriu procedimento para apurar a conduta dos policiais do Batalhão de Operação Policiais Especiais (Bope) que terminou com 6 criminosos mortos, no dia 29 de julho, no bairro Itamaraty em Cuiabá.


Leia também - Sobreviventes de ação do Bope denunciam execução sumária ao MPE

 

Além da conduta dos militares, a Corregedoria também apura as condições em que o confronto ocorreu. O Inquérito Polícia Militar (IPM) está em tramitação.


Os 6 homicídios também são apurados pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).


Na segunda-feira (10), a defesa de dois sobreviventes da ação policial denunciou ao Ministério Público Estadual (MPE) que não houve troca de tiros no local, diferente do que diz a polícia. Na ocasião, o grupo foi atraído para uma emboscada, por um membro que também era informante do Bope.


Sabendo que o grupo passaria por ali, os agentes montaram campanha e atiraram assim que os dois carros em que os suspeitos estavam passaram. Havia 8 criminosos que iriam roubar uma chácara na região. Dois escaparam e 6 morreram no local.


Os mortos na ação foram Gabriel de Paula Bueno, 20 anos, Jhon Dewid Bonifácio de Lima, 22, Andre Felippe de Oliveira silva, 24 e Willian Dhiego Ribeiro Moraes, 37, Leonardo Vinícius Pereira de Moraes, 24, e o policial militar Oacy da Silva Taques Neto, 30.


No dia 5 de agosto houve novo confronto e dois suspeitos foram mortos no Altos da Serra.


O caso
Na manhã do dia 29 de julho, os suspeitos seguiam para um assalto a chácara no Jardim Itamaraty. Em uma estrada vicinal o grupo foi surpreendido pelos policiais do Bope. Os policiais informaram que agiram contra o ataque da quadrilha. Seis armas foram achadas no local, além de colete e rádio transmissores.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Na sua opinião, por que tantos candidatos milionários querem entrar na política?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 29/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,55 -0,26%

Algodão R$ 94,90 -1,05%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 70,00 -1,41%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.