Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 21/09/2020

Polícia - A | + A

balanço 22.12.2019 | 15h15

De janeiro a dezembro deste ano foram apreendidos R$ 3,6 milhões em bocas de fumo

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

De janeiro a dezembro deste ano foram apreendidos R$ 3,6 milhões provenientes dos pontos de venda de drogas desmantelados pela Polícia Militar em todo o Estado. Segundo avaliação do comandante-geral da PM, coronel Jonildo José de Assis, o número representa significativa perda de dinheiro e enfraquecimento das organizações criminosas, uma vez que quatro toneladas de drogas foram tiradas de circulação somente pela PM, nesse período.

 

Os números são reflexos das diversas operações, abordagens e iniciativas de prevenção realizadas em todo Estado.

 

“As ações atingiram diretamente o ‘bolso’ das organizações criminosas. O policial militar de Mato Grosso tem preparo profissional de excelência e vamos continuar seguindo a mesma linha em 2020, superando as metas estabelecidas”, afirma Assis.

 

Durante o ano, foram 76.055 registros de boletins de ocorrências, sendo 4,2 mil, com prisões envolvendo entorpecentes, e 2.511 relacionados ao tráfico de drogas.

 

Os números ainda apontam 1.897 armas de fogo tiradas de circulação, junto com 387 simulacros. Nesse período, foram localizados e recuperados 2.217 veículos, entre carros, motos e caminhões.

 

Ocorrências relacionadas à condução de pessoas à delegacia foram 39.922, sendo 6.249 prisões em flagrante. Além da captura de 1.735 foragidos da justiça com mandados de prisão em aberto.

 

Expectativas para 2020

 

O coronel destaca que o caminho para a manutenção dos números positicos é o fortalecimanto das ações operacionais, integradas e de inteligência. Além da valorização da tropa, com a continuidade das condecorações e elogios.

 

De acordo com o comandante, já está em andamento o planejamento de atividades para o primeiro trimestre de 2020, como a continuidade do Projeto Sentinela, que aproxima os policiais dos moradores, por meio de grupos de aplicativo de mensagem e reforço no policiamento ostensivo.

 

“A aproximação da PM com a comunidade é primordial para chegada da informação de forma rápida e pontual. O projeto é um dos direcionamentos da corporação em busca da prevenção de crimes”, explica.

 

A PM prevê a implantação de duas companhias independentes, uma na área central de Cuiabá, e outra para o policiamento motociclístico. O coronel ainda tem a expectativa da criação de uma tropa de cavalaria em Nova Mutum para atender toda Região Médio-Norte de Mato Grosso.

 

“Com essa iniciativa vamos conseguir otimizar o custo das ações, mesmo com deslocamento de policiais e animais. A ideia para 2020 é otimizar valores para aumentar a eficiência da Polícia Militar”, conclui Assis.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 21/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,70 -1,99%

Algodão R$ 93,31 0,21%

Boi a Vista R$ 131,00 0,50%

Soja Disponível R$ 70,50 -0,70%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.