Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 02/12/2020

Polícia - A | + A

IAM ROUBAR CHÁCARA 30.10.2020 | 11h32

Dois dos 4 mortos em VG são identificados; veja os nomes

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Deyverson Ferreira de Oliveira Motta, 29 e Kaio Henrique Miranda de Araújo, 25, foram identificados como dois dos 4 mortos no confronto com a Força Tática, na madrugada de sexta-feira (30), no bairro Vila Artur, em Várzea Grande. Kaio tinha várias passagens criminais. Outros dois mortos não portavam documentos e não foram identificados pelas equipes da Segurança Pública. 

 

Em 2016, por exemplo, foi preso ao lado de um comparsa ao tentar roubar uma agencia bancária em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). Na ação, eles usaram um revólver calibre 38 e um simulacro de arma de fogo.

 

Leia também - Confronto com Força Tática deixa 4 mortos na Rodovia dos Imigrantes

 

Em 2017, ele também foi alvo da Operação Criminale, deflagrada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), que desarticulou uma quadrilha especializada em roubos contra casas e comércios. A investigação apontou que o grupo ‘alugava’ armas para outros criminosos cometerem crimes.

 

Já Deyverson era conhecido como ‘Gordinho’, ele tinha passagens por roubo em residenciais de Várzea Grande e chegou a ser preso com simulacro de fuzil em 2018. Os crimes incluíam até cárcere privado.

 

Em um dos crimes, a polícia encontrou celulares roubados e fotos dos suspeitos utilizando produtos levados das casas das vítimas.

 

Crime

De acordo com as informações obtidas pelo , a Força Tática recebeu uma denúncia de que a quadrilha iria roubar uma chácara na região de Bonsucesso em Várzea Grande.

 

Sendo assim, foi montado um cerco com bloqueio, com objetivo de abordar o veículo HB20, conforme denunciado. Quando o carro se aproximou, o motorista não obedeceu as ordens de parada – sinais sonoros e luminosos – e, ao mesmo tempo, os ocupantes sacaram armas de fogo e apontaram para os policiais, que reagiram e atiraram contra o grupo.

 

Mortes

O motorista parou o veículo, dois dos suspeitos desceram e correram para dentro de um pasto. Eles foram baleados e logo caíram em solo.

 

Quando os policiais perceberam que não havia mais movimentação, se aproximaram e encontraram Deyverson no banco do motorista e ao seu lado, outro suspeito sem identidade. No pasto, estava Kaio e o comparsa, também sem identidade.

 

Dois deles apresentavam sinais vitais e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas os feridos não resistiram e morreram no local. Delegada da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Eliane Moraes esteve no local e apreendeu as 4 armas de fogo.

 

Kaio e Dayverson só foram identificados, pois faziam o uso de tornozeleira eletrônica. O grupo todo estava sem nenhuma documentação. O carro ficou sob responsabilidade da DHPP.

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Antonio Rodrigues de souza filho - 30/10/2020

Parabéns gazeta digital.

Antonio Rodrigues de souza filho - 30/10/2020

Parabéns a polícia.

2 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 02/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 60,50 -0,82%

Algodão R$ 127,85 0,33%

Boi à vista R$ 254,60 0,64%

Soja Disponível R$ 154,50 0,32%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.