Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Polícia - A | + A

CONHECIDA DA POLÍCIA 26.05.2020 | 13h53

'Famosa' nas redes, jovem de Sorriso é presa por estelionato

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Polícia Civil de Sorriso (420 km ao Norte de Cuiabá) deflagrou, na manhã desta terça-feira (26), uma operação para cumprir 3 mandados de prisão em aberto, entre eles, contra uma jovem acusada de estelionato, que em 2019 teria se passado por filha de juiz, enganando pessoas em redes sociais, onde conta com 25,2 mil seguidores.

 

Joara Pimental foi presa em março, mas conseguiu liberdade. Delegados da cidade já havia entrado em contato com ela, negociando uma apresentação, que não aconteceu e por isso, tiveram que ir prendê-la no começo da manhã.

 

Leia também - Assaltantes de caixa eletrônico são presos pela Polícia Civil após troca de tiros com PM

 

Conforme o delegado André Ribeiro, a especialidade da suspeita é enganar as pessoas por meio das redes sociais, vendendo ingressos para festas, pacotes de viagens e outros.

 

Ela já chegou a dizer que era filha de uma juíza de Sinop. Em 2017, se envolveu no golpe da venda de ingressos para um show sertanejo em Cuiabá. Ao todo, há quase 20 ocorrências contra a suspeita na Polícia de Mato Grosso.

 

Durante a prisão, ela disse à imprensa que depois convocaria uma ‘coletiva’ para falar sobre o caso, já que estava sem o seu advogado. Nas redes sociais, chegou a declarar que era mentira que estava sendo procurada e que estava em casa, acompanhando ainda uma live da Polícia, dizendo que ela estava foragida.

 

Outros presos 

Mulher que não teve a identidade informada foi presa acusada de furtar uma casa da cidade. Ela contou com a ajuda de um caminhão de mudança e fez ‘a limpa’ no local. Outras pessoas que ajudaram a suspeita estão sendo identificadas.

 

Foi preso ainda o principal suspeito de matar Alisson Alexandre Rodrigues Pinheiro, 25, no dia 27 de fevereiro, em uma oficina mecânica de Sorriso. Ele foi baleado 3 vezes e um dos tiros atingiu sua cabeça.

 

O crime, conforme o delegado André Ribeiro, teve motivação passional, já que o suspeito estava vivendo um ‘relacionamento virtual’ com a ex-namorada da vítima.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

nilson silva batista - 26/05/2020

Boa noite ulma mulher parecida com essa ai com ulma tatuagem no ombro e oltra no braço direito comprou o meu carro com um cheque roubado e levou o meu carro dizendo q tinha feito o depósito na minha conta mais ela me deu o golpe do cheque sem fundo

1 comentários

1 de 1

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,50 1,49%

Algodão R$ 89,17 -0,36%

Boi a Vista R$ 132,00 0,76%

Soja Disponível R$ 66,10 -0,23%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.