Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 18/09/2020

Polícia - A | + A

'É CARLA, JÁ TE AMEI' 13.08.2020 | 07h00

Homem arromba cadeado, invade casa e mata a esposa no interior de MT

Facebook Print google plus

Luiz Leite

Luiz Leite

Carla Andreia Monteiro, 46, foi morta com um tiro na noite de quarta-feira (12), no bairro Jardim Vitória, em Guarantã do Norte (715 km ao Norte de Cuiabá). O suspeito do crime é o seu marido, que foi flagrado correndo da casa em posse de uma espingarda. Antes de matar a mulher, vizinhos ouviram ele dizendo: “É Carla, já te amei”, seguido de vários gritos de ‘não, não, não’. 

 

De acordo com as informações da Polícia Militar, o suspeito invadiu a casa em que morava com a vítima. Quebrou o cadeado e entrou. Em seguida, por volta das 22h, os vizinhos já ouviram uma discussão e um barulho de tiro.

 

Leia também - Completado um mês da morte de Isabele, família clama por justiça

 

Quando uma das testemunhas saiu na rua, flagrou o suspeito correndo segurando uma arma longa, tipo espingarda. Ao entrarem na casa, já encontraram Carla caída com parte do corpo sob a cama. No cômodo, várias malas e sacolas, como se a vítima se preparasse para mudar.

 

Corpo de Bombeiros foi acionado e confirmou a morte ainda no local. Ela estava com uma marca de tiro do lado esquerdo do peito. Ao que tudo indica, ela tentou correr para se esconder no quarto no momento em que foi baleada. Havia ainda outros sinais de bala dentro do quarto, nas paredes e também um celular na cintura da vítima.

 

Vizinho declarou que ouviu o momento em que o agressor disse: É, Carla, já te amei…”. Em seguida, ela começou a gritar “não, não, não”. Caso foi acompanhado pela Polícia Militar, mas será investigado pela Polícia Civil da cidade e já está sendo tratado como feminicídio.

 

Testemunhas contaram que já presenciaram outras situações envolvendo violência doméstica na casa e que, inclusive, Carla já teria atentado contra a própria vida.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Denúncias de mulheres contra agressores demoram vir à tona por conta de posição social?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 18/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 -0,50%

Algodão R$ 90,74 -0,26%

Boi a Vista R$ 135,00 0,75%

Soja Disponível R$ 60,50 -0,33%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.