Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 06/08/2020

Polícia - A | + A

perturbando funcionários 18.06.2020 | 08h50

Homem que matou pais e irmão em 2006 é detido em policlínica de Cuiabá

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Homem de 29 anos, que em 2006, quando era menor de 16 anos foi internado por matar a mãe, o pai e o irmão de 3 anos, em Cáceres (225 km ao Oeste de Cuiabá), – voltou a ser detido na madrugada de quinta-feira (18), após invadir a Policlínica do Planalto, se passando por médico e perturbando os funcionários. Ele já havia sido interditado pela Justiça, diagnosticado com psicopatia.

 

Conforme as informações da Polícia Militar, viatura foi acionada via 190 por volta da 1h45, quando o homem chegou afirmando ser médico. Entrou de forma brusca e transtornada, mexendo nos objetos dos funcionários do local.

 

Leia também - Homem tenta correr, mas acaba morto com tiros de pistola em Mato Grosso

 

Assustados, os trabalhadores aguardaram a chegada dos policiais, que se recusou a obedecer às ordens para deixar o local. Ainda na tentativa de abordagem, ele ofendeu os policiais, os chamando de ‘cachorros que comem ração’. Além disso, dizia o tempo todo que ‘queria falar com o comandante geral’.

 

Diante do desacato, foi dada voz de prisão ao homem, que precisou ser algemado devido ao seu comportamento agitado. Na delegacia, durante uma revista, uma porção de maconha foi encontrada na bolsa dele, junto com outros pertences pessoais.

 

Triplo homicídio em 2006

Conforme levantado pelo , o jovem foi internado pelo Ministério Público Estadual durante 3 anos, quando tinha 16, após confessar em outubro de 2006, ter matado o pai e a mãe de criação, além do irmão de 3 anos.

 

Nivaldo Cruz Gonçalves, 33, a professora Júlia Messias da Silva Gonçalves, 43, foram mortos a facadas enquanto dormiam. A criança foi morta em seguida. Após o crime, o menor pegou dinheiro da carteira do pai e saiu para encontrar amigos, forçando um álibi.

 

Ele só confessou no dia seguinte que seria o autor dos homicídios. Em 2014, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou a interdição do rapaz por ele ser diagnosticado com psicopatia.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 06/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,00 2,27%

Algodão R$ 91,80 -0,03%

Boi a Vista R$ 138,00 0,12%

Soja Disponível R$ 72,00 0,84%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.