Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 10/08/2020

Polícia - A | + A

veja vídeo 25.11.2019 | 16h36

Jornalista preso por assédio diz que vítimas 'deram abertura'

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Reprodução

Reprodução

O jornalista Leonardo Heitor, preso na manhã desta segunda-feira (25) acusado de importunação sexual, assédio e estupro afirmou em entrevista que mulheres para quem ele enviava fotos íntimas davam abertura para o assédio.  

 

Leia também - Jornalista acusado de estupro e assédio é preso pela polícia

 

"Eu tenho a minha consciência limpa. Fiquei de conversa com uma ou outra colega? Colegas que deram abertura, inclusive, só que na hora de escrever artigo e tudo mais elas não falaram isso", disse em entrevista ao Portal Leia Agora.   

 

Leonardo foi surpreendido quando desembarcava no Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, ao voltar de uma viagem para Salvador, na Bahia. Mandado foi expedido pela 1ª Vara de Violência Doméstica e Familiar.   

 

A prisão foi decorrente de descumprimento de medida protetiva, já que o jornalista foi até um prédio em que uma das denunciantes trabalhava. Leonardo, contudo, considerou tudo como um 'mal-entendido'.   

 

"Eu fui consultar dois advogados, cível e criminal, um fica no 14ª andar  o outro eu não me recordo. Eu sinceramente não sabia porque a medida protetiva estava apenas o endereço residencial da [nome da vítima]. Não sabia que o site ficava ali e se eu soubesse eu não teria ido", se justificou.   

 

Após prestar depoimento na Delegacia da Mulher, Leonardo deve seguir para Audiência de Custódia.  

 

O caso   

 

Leonardo Heitor é acusado por um grupo de jornalistas de tê-las assediado por meio de mensagens em redes sociais. Além do perfil pessoal, ele enviava fotos íntimas por um perfil falso.  Pesa contra ele, ainda, um estupro consumado e uma  tentativa.   

 

Jornalista também foi indiciado pela Polícia Civil do Espírito Santo, onde praticava os crimes com o mesmo 'Modus Operandi'. Dono da foto utilizada pelo suspeito em um dos perfis falsos também entrou com um processo contra Leonardo.      

 

Veja vídeo

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 10/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,80 0,00%

Algodão R$ 92,06 -0,51%

Boi a Vista R$ 132,00 0,30%

Soja Disponível R$ 69,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.