Publicidade

Cuiabá, Sábado 15/08/2020

Polícia - A | + A

ficha suja 02.07.2020 | 10h12

Jovem morto pela polícia em VG tinha 14 passagens criminais

Facebook Print google plus

Luiz Leite

Luiz Leite

Apesar de ter apenas 22 anos, Daniel Pereira de Almeida, morto em uma abordagem da Polícia Militar em Várzea Grande na noite de quarta-feira (1º), já tinha 14 passagens criminais. Na noite de sua morte, fugia após ter roubado um carro e depois ter realizado um assalto a um grupo de jovens que estava na porta de uma casa no bairro Jardim Alá.

 

Ele foi apreendido pela primeira vez em dezembro de 2013, ou seja, aos 15 anos, por roubo. Em 2015, ano em que completou a maioridade, foi preso 6 vezes. Em 2016 foram 4 passagens pela delegacia.

 

Leia também - Roubo de carro em VG termina com assaltante morto pela PM

 

Nos registros criminais de Daniel tem porte ilegal de arma, tráfico de drogas, direção perigosa, roubo, uso ilícito de drogas e utilizar arma de brinquedo para cometer crime. No entanto, a maior parte dos registros é por roubo, das 14 passagens, 6 são por esse crime.

 

Antes do roubo ao carro que terminou em sua morte, a última prisão de Daniel ocorreu em março de 2017, por posse de arma de fogo, tráfico de drogas e roubo. Desde então ele não havia mais passado pela polícia.

 

Entenda o caso
Daniel, acompanhado de um homem e uma mulher, roubaram um carro no bairro Vila Arthur, em Várzea Grande, na noite de quarta-feira. Logo em seguida assaltaram um grupo de jovens que estava na frente de uma casa no mesmo bairro, levando celulares e objetos pessoais.

 

O grupo saiu em alta velocidade, sendo localizado pela polícia. Eles tentaram fugir e Daniel pulou do carro, correndo para dentro de uma casa. Ele atirou contra os policiais e acabou atingido por tiros. Foi levado para o Pronto-Socorro de Várzea Grande, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Dos comparsas de crime, a mulher foi presa e o homem, apesar de bater o carro em um poste, conseguiu fugir.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 14/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,60 -0,24%

Algodão R$ 89,52 -0,12%

Boi a Vista R$ 137,60 -0,07%

Soja Disponível R$ 64,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.