Publicidade

Cuiabá, Domingo 20/09/2020

Polícia - A | + A

encomenda pelo correio 02.06.2020 | 11h20

Mulher é presa em Cuiabá por vender remédio para aborto

Facebook Print google plus

PJC

PJC

Uma mulher de 21 anos foi presa na Capital por suspeita de vender um medicamento abortivo. Ela foi flagrada na segunda-feira (1º), após pegar uma encomenda na agência dos Correios.

 

A prisão foi realizada pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon). Ela negou vender o medicamento, no entanto, entrou em contradição várias vezes em seu depoimento.

 

Os comprimidos de "Cytotec" têm venda e uso restrito no país. Realizar o aborto pode levar à prisão por 3 anos, mas ajudar alguém a abortar tem pena de até 4 anos, podendo ser duplicada se o procedimento levar a grávida à morte.

 

Leia também - Homens encapuzados executam ex-presidiário em Cuiabá

 

Primeiro a mulher disse que comprou o medicamento para uma colega de trabalho grávida, depois confessou que não é a primeira vez que faz a compra ilegal.

 

Ela foi flagrada pelo crime de vender, distribuir ou entregar a consumo medicamento sem registro nos órgãos competentes e de procedência ignorada, considerado crime hediondo com pena de até 15 anos de prisão.

 

A gestante para a qual o remédio seria vendido já foi identificada. Ela está no quarto mês de gravidez e será ouvida pela Decon nos próximos dias. Também são investigadas outras possíveis clientes da suspeita. (Com informação da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Domingo, 20/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,55 -4,20%

Algodão R$ 115,18 1,08%

Boi a Vista R$ 135,60 0,15%

Soja Disponível R$ 68,20 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.