Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 22/10/2020

Polícia - A | + A

USOU UMA ENXADA 24.09.2020 | 15h58

Mulher é presa por tentar matar cachorro doente asfixiado

Facebook Print google plus

PMMT

PMMT

Polícia Militar conduziu à delegacia na manhã desta quinta-feira (24) uma mulher de 46 anos por maus-tratos a um filhote de cachorro. Após ser denunciada, a suspeita confessou que a cadelinha estava doente e que tentou asfixiar o animal com uma enxada para matá-la. A ocorrência foi registrada em Barra do Garças (509 km a leste de Cuiabá). O animal foi resgatado e está sob cuidados veterinários. 

 

Por volta das 9h30, a polícia foi chamada via 190 por moradores do bairro Jardim Pitaluga, que denunciaram que uma vizinha estava maltratando uma cadela. Os policiais foram até o local e os denunciantes contaram que ouviram gritos de um cachorro sendo maltratado, que a situação vem sendo constante na residência da suspeita.

 

Porém, nesta quinta, a acusada foi flagrada tentando asfixiar o filhote de cadela com uma enxada sem cabo em cima de um sofá. A testemunha filmou a suspeita tentando praticar o ato de maus-tratos contra o animal. Ela entregou os vídeos à polícia. 

 

Leia também - Motorista vai acordar passageiro e o encontra sem vida dentro do ônibus

 

PMMT

Cadela Vitória asfixiada

 

A PM foi até a residência denunciada e encontrou a cadela visivelmente em estado ruim de saúde. A mulher foi presa e alegou que teria praticado tal ato porque o animal está doente e que sua família já teria gastou muito dinheiro na tentativa de recuperá-la, então ela mesma resolver por conta própria dar fim a vida do animal.

 

A suspeita foi conduzida à delegacia. Os policiais militares encaminharam a filhote batizada por eles de Vitória para uma clínica veterinária. De acordo com o médico que está tratando da cadela, o animal está com um quadro de infecção está sendo medicado com antibioticos para tratar da doença. 

 

O cabo Warllan Pereira da Silva que atendeu a ocorrência junto com mais um colega de farda irá adotar a filhote quando ela receber alta médica.  A ocorrência foi entregue à Polícia Judiciária Civil.

 

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque - denúncia 0800.65.39.39. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 22/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 57,50 1,77%

Algodão R$ 118,67 3,64%

Boi a Vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 156,30 0,35%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.