Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 02/12/2020

Polícia - A | + A

sangue e fluidos na roupa 19.10.2020 | 10h17

Paciente denuncia ter sido estuprada por enfermeiro dentro de UTI do Hospital Municipal de Cuiabá

Facebook Print google plus

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Paciente de 45 anos denunciou ter sido estuprada por um enfermeiro dentro da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Municipal de Cuiabá, na madrugada de sábado (17). Apesar de ter sentido um desconforto, só percebeu que se tratava de um crime sexual quando encontrou sangue e outros fluídos em sua roupa.

 

Segundo as informações obtidas pelo , o suspeito do crime teria ficado sentado por algum tempo perto da paciente. Ele vestia uma roupa de cor verde – como de todos os funcionários do setor. Ela dormiu e quando acordou, percebeu que o suspeito estava levantando o lençol e com as mãos próximas da genitália dela.

 

Questionado, o homem disse que era ‘um procedimento normal’ e em seguida, aplicou outro remédio na paciente, que acabou dormindo. Já na manhã de sábado, ela sentiu desconforto ao sentar em uma maca e quando foi fazer a higienização pessoal, encontrou sangue e outros fluidos na fralda geriátrica que estava usando.

 

Equipe médica acionou a assistência social e a Polícia Militar, que registrou o caso, que será encaminhado à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde de Cuiabá informou que ‘está à disposição para colaborar com o que for necessário’.

 

Leia a nota na íntegra:

 

“Em relação ao suposto caso de estupro no Hospital Municipal de Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde informa:

 

-A diretoria do HMC, assim que soube da situação, chamou imediatamente a polícia, que esteve no local e colheu informações para investigar o caso e está à disposição para colaborar com o que for necessário nas investigações.

 

-A paciente teve acompanhamento psicológico e recebeu as medicações indicadas no protocolo para este tipo de situação.

 

-O HMC ressalta que na UTI onde a paciente estava internada fica sempre uma equipe de plantão composta por 5 técnicos de enfermagem, 1 fisioterapeuta, 2 enfermeiros, 1 médico e 1 supervisor que cuida de todas as UTIs.”

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Isabel - 20/10/2020

E onde estavam todos na hora do acontecido?

1 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 02/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 60,50 -0,82%

Algodão R$ 127,85 0,33%

Boi à vista R$ 254,60 0,64%

Soja Disponível R$ 154,50 0,32%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.