Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Polícia - A | + A

confundidos com golpe 21.05.2020 | 17h01

Pela terceira vez, dois pesquisadores de covid-19 vão presos

Facebook Print google plus

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Mais dois pesquisadores foram presos nesta tarde de quinta-feira (21) por estarem aplicando testes de covid-19 no bairro CPA I, em Cuiabá. O homem e a mulher são da Universidade Federal de Pelotas (RS). Este é o terceiro caso de pesquisadores presos em Mato Grosso, confundidos como golpistas.


De acordo com informações da Polícia Militar, uma viatura foi acionada por uma denunciante, que relatou que um casal estaria realizado testes de coronavírus. Conforme a denúncia, eles estariam também com um tablet e tirando fotos. O que levantou suspeita pela mulher foi o fato de estarem recolhendo amostras de sangue.


Os policiais identificaram os pesquisadores, que estavam sem uniformes. Contudo, eles apresentaram um ofício da Universidade Federal de Pelotas, além de um crachá do Ibope Inteligência, assim como o material utilizado.

 

Leia também - Sem formação, 15 'pesquisadores' são detidos em MT fazendo testes da covid-19


Porém, os militares ligaram para o Centro Especializado de Operações de Segurança (Ciosp), que disse não reconhecer a pesquisa. Os dois foram encaminhados para a Central de Flagrantes. Em seguida, uma supervisora dos pesquisadores compareceu ao local.


Em uma reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, diversos pesquisadores do coronavírus estão sendo detidos pelo país, ao serem confundidos com golpistas ou assaltantes.


Milhares de testes aplicados em mais de cem municípios por pesquisadores treinados são autorizados pelo Ministério da Saúde. Por sua vez, o ministério diz que avisa as secretarias estaduais, que não repassam as informações.


Outros casos
Polícia encaminhou 15 pessoas para a delegacia de Barra do Garças (509 km ao Leste de Cuiabá), no dia 15 de maio, após receber denúncia de que o grupo estava ofertando testes da covid-19, além de realizar um questionário com a população.


Um homem de 34 anos e uma mulher de 40 foram presos no dia 14 de maio, após aplicarem testes rápidos para covid-19, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). Com o casal, foram apreendidos 24 testes rápidos, 20 toucas plásticas e aventais, saches de álcool em gel e outros materiais.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,10 1,26%

Algodão R$ 92,97 0,54%

Boi a Vista R$ 134,00 1,71%

Soja Disponível R$ 64,70 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.