Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 03/12/2020

Polícia - A | + A

INVESTIGAÇÃO SIGILOSA 16.10.2020 | 08h36

Polícia faz buscas na casa da esposa de Sandro Louco e encontra conversas entre eles

Facebook Print google plus

Marcus Vaillant

Marcus Vaillant

(Atualizada às 10h36) - Mulher de 29 anos, apontada como esposa do presidiário Sandro Rabelo, conhecido como Sandro Louco, foi alvo de um mandado de busca e apreensão, na manhã desta sexta-feira (16), em Cuiabá, cumprido pelos investigadores da Polícia Civil. Ela foi conduzida e irá prestar depoimento na Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

 

As informações divulgadas pela Polícia Civil dão conta de que a operação compriu 3 mandados de busca e apreensão na casa de membros do Comando Vermelho. A ação da DRE contou com apoio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). 

  

Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Criminal de Capital e cumpridos, nos bairros Osmar Cabral, Parque Cuiabá e Jardim das Palmeiras, tendo como alvo, integrantes da facção criminosa identificados como “disciplinas” do grupo.

 

De acordo com as informações preliminares apuradas pela reportagem do , os investigadores foram até a casa da esposa de Sandro, que fica no bairro Jardim das Palmeiras, nas primeiras horas desta manhã.

 

Leia também - Bandidos invadem casa e estupram mulher durante roubo

 

Na casa, foram encontrados cigarros de maconha. Além disso, um celular com conversas entre ela e Sandro Louco também foi apreendido e será periciado. Consta que a investigação qual a mulher é alvo está sob sigilo, mas o mandado de busca e apreensão foi expedido no dia 15 de setembro. 

 

Prisão

Outro integrante da facção foi preso em flagrante com drogas, dinheiro do tráfico e caderno com anotações da venda de drogas. Encaminhado à DRE, ele vai responder por tráfico e associação criminosa. 

 

Já o outro suspeito, alvo da operação, não foi localizado na casa onde seria cumprido o mandado. A esposa de Sandro vai responder um Termo Circustanciado de Ocorrência (TCO), por uso de drogas.

 

Líder preso em MT

Sandro está em Cuiabá desde maio deste ano, quando foi transferido de um presídio federal do Paraná para a Penitenciária Central do Estado (PCE). Em 2014, por meio de cartas trocadas entre o casal, polícia descobriu que ela era usada na negociação do tráfico de drogas, sendo alvo da Operação Grená. 

 

Sandro é apontado como um dos princiais líderes do Comando Vermelho e suas penas somam mais que 200 anos de prisão. Ele responde por latrocínio, homicídio, roubo a banco, formação de quadrilha e sequestros. Antes de voltar para Mato Grosso, passou 3 anos no Paraná. 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 03/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 60,00 -0,83%

Algodão R$ 126,90 -0,91%

Boi à vista R$ 252,62 -0,19%

Soja Disponível R$ 154,50 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.