Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 14/10/2019

Polícia - A | + A

EXPLOSÃO DE BANCOS 03.09.2019 | 11h54

Polícia flagra dinheiro sendo lavado com produtos químicos

Facebook Print google plus

TV Vila Real

TV Vila Real

Diligência da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) encontrou uma casa no bairro Santa Amália, em Cuiabá, onde um dos suspeitos do furto ao Banco do Brasil lavava, literalmente, o dinheiro levado no crime. No local, uma pessoa foi presa pelo envolvimento direto com o furto. A quantia em reais encontrada no local não foi informada. Sabe-se, até agora, que parte do grupo foi preso com R$ 3 mil. Ao lado do caixa eletrônico explodido, na agência bancária, a perícia contabilizou R$ 60 mil. 

 

Foram presos Maxwell Nogueira Silva, 22, Leonardo Souza Novais de Alencar, 22, Deykso da Silva Brito, 38, André Felipe Alves Mendes, 18, Luan Reis do Nascimento, 21, e Erik Felipe da Silva Almeida, 29, além da aprensão de menor de 16.

 

Conforme os delegados Juliana Palhares e Frederico Murta, na casa havia uma grande quantidade de tinta vermelha espalhada pela casa, proveniente da explosão do caixa eletrônico, especialmente no tanque de lavar roupa, onde o dinheiro estava lendo lavado. 

 

Leia também - GCCO prende 7 por explosão no Banco do Brasil em Cuiabá

 

“A casa estava com tinta para todos os lados. Usavam água e produtos químicos para tirar a tinta das cédulas marcadas”, disse o delegado Frederico. Não só para ele, mas também para a Palhares, ficou claro que cada preso – foram 7 maiores presos e um menor apreendido – exercia uma função dentro do grupo, conforme levantamento da inteligência da GCCO. 

 

Quando a polícia chegou, pai e enteado estavam no local, no entanto, a delegada Juliana informou que o pai foi encaminhado como testemunha, já que ainda não há indícios de que ele tenha participado do crime.

 

‘Escritório’ 

 

Casa no Residencial Buriti, onde 4 suspeitos foram presos em flagrante, foi apontada pela delegada Juliana como um ‘escritório’, onde possivelmente os criminosos se reuniram antes e depois do ato.

 

“Lá nos apreendemos roupas, capacetes e instrumentos usados na ação criminosa. O vestuário estava todo manchado de tinta vermelha. Com eles foram encontrados uma quantia de R$ 3 mil também em notas manchadas”. 

 

Foi ressaltado pela delegada que uma quantia de R$ 60 mil foi apreendida dentro da agência bancária, ou seja, junto ao caixa eletrônico. O dinheiro estava sujo com a tinta vermelha e não chegou a ser levado pelos bandidos.  

 

João Vieira

GCCO / Coletiva / Assaltantes de Bancos / PRESOS / Caixas eletronicos

 

 

Ainda em diligências, em uma casa no Santa Inês, dois irmãos, sendo um menor de idade, foram pegos em flagrante com drogas e armas. Lá, a polícia esperava encontrar as motos usadas no crime. 

 

“Não sabemos ainda se o menor tinha contato direto com o grupo responsável pelo crime, mas que a moto usada estava sendo escondida na casa até pouco antes da polícia chegar. Geralmente usam o menor por conta da legislação, mas entendemos que ali era o local responsável pela logística da organização”, finalizou o delegado Frederico.

 

O auto do flagrante ainda está sendo feito na GCCO, os presos serão ouvidos pelos delegados e ainda vão passar por audiência de custódia. Familiares deles estavam presentes na sede do GCCO, mas não quiseram dar entrevista.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

As fake news vão tomar conta das eleições municipais de 2020?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 14/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,63 1,76%

Algodão R$ 89,78 0,23%

Boi a Vista R$ 136,00 0,50%

Soja Disponível R$ 70,50 0,71%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.