Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 14/08/2020

Polícia - A | + A

bêbado e armado 21.11.2019 | 07h24

Polícia indicia homem que matou engenheira por 'atrapalhar' o trânsito

Facebook Print google plus

Reprodução/JKNotícias

Reprodução/JKNotícias

A Polícia Civil conclui o inquérito da morte da engenheira agrônoma Júlia Barbosa de Souza, 28, que foi assassinada em 9 de novembro em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) por Jackson Furlan, 29. O suspeito foi indiciado por homicídio qualificado e com motivo fútil.

 

Na época da prisão, ele alegou ter atirado na vítima porque ela estava "atrapalhando" o trânsito em uma das principais avenidas da cidade. Júlia levou um tiro na cabeça, no carro que estava com o namorado, após ser perseguida por Jackson.

Ele foi preso em 10 de novembro, quando se entregou à polícia. Jackson permanece detido no Centro de Ressocialização de Sorriso, após ter a prisão preventiva mantida.

 

Leia também - Estado volta a demitir policial militar acusado de extorsão

 

De acordo com o delegado André Ribeiro, 5 testemunhas foram ouvidas durante as investigações para apurar o homicídio. “Foram juntados diversos vídeos de câmeras de monitoramento das vias públicas por onde passaram os veículos da vítima e do indiciado, além do laudo de local de crime e das oitivas, que foram remetidos ao Ministério Público Estadual”.

 

O crime

Júlia e namorado estavam na casa de amigos e foram até uma conveniência comprar chocolates. Depois de sair do local, eles passaram a trafegar com velocidade reduzida por causa de um carro que estava devagar na via. O fato enfureceu o suspeito, que estava bêbado.

 

Ele perseguiu o carro das vítimas por várias ruas até que na avenida Brasil atirou contra o carro, atingindo Júlia, que foi socorrida, mas morreu no hospital. (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 14/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,75 0,23%

Algodão R$ 91,78 0,12%

Boi a Vista R$ 130,70 -0,11%

Soja Disponível R$ 68,85 0,07%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.