Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 24/09/2020

Polícia - A | + A

VEJA O VÍDEO 09.08.2020 | 07h00

Usando machado, homem tenta invadir prefeitura, agride funcionário e ameaça Emanuel Pinheiro

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Gustavo Lima Franco, 29, foi preso pela Polícia Militar na noite de sábado (8), após tentar invadir a sub-prefeitura de Cuiabá, localizada no bairro Jardim das Américas. A tentativa de arrombar a porta foi flagrada por uma segurança, que chegou a ser agredido com golpes de machado. O agressor queria ir até a casa do prefeito Emanuel Pinheiro, que fica próxima ao local, argumentando que “entregaria um presente para ele”.

 

Conforme as informações o caso aconteceu por volta das 20h, o funcionário chegou para trabalhar e flagrou Gustavo forçando a porta, dando chutes, empurrando. Quando questionou o que ele queria, perguntou ao servidor se ele sabia onde o prefeito morava. Gustavo estava com uma mochila com um pedaço de pau.

 

Leia também - Cliente não paga lanche e xinga entregador de 'preto vagabundo'

 

Quando o servidor perguntou por qual motivo ele queria saber onde era a casa do prefeito, ele teria questionado “você está do prefeito?”. O servidor ainda se deu o trabalho de responder o agressor, dizendo que havia sim apoiado Emanuel. Em seguida, Gustavo tirou o pedaço de madeira da mochila, que na verdade era uma machado e correu atrás do trabalhador.

 

A moto do homem foi derrubada, retrovisor quebrado, bem como outras danos na lataria. O funcionário teve algumas lesões e só depois, Gustavo desceu a pé em direção à casa de Pinheiro, momento em que a Polícia Militar foi acionada. Os policiais encontraram o suspeito há poucos metros da casa do prefeito e segundo o agressor, ele iria “entregar um presente para ele”. 

 

Ele resistiu a atuação dos policiais e foi necessário o uso de força física. Em seguida, o agressor foi algemado e encaminhado para a Central de Flagrantes, onde foi autuado pelos crimes de dano, injúria, resistência e desobediência.

 

Ameaça contra vereador

Gustavo já foi alvo de uma denúncia do vereador por Cuiabá, Toninho de Souza. Em fevereiro deste ano, Toninho foi à delegacia denunciar uma ameaça de morte velada feita por Gustavo em uma rede social.

 

“Deixa eu perguntar, vocês já se acostumaram com a possibilidade de morte do Toninho de Souza? Pois provavelmente em uma manifestação, se o povo perder o controle, pode acabar de forma bem cruel”, dizia trecho da publicação.

 

Nas redes sociais, ele se mostra oposição ao prefeito Pinheiro. Além disso, compartilha mensagens em tom ameaçador. Foi contra a cassação do vereador Abílio Júnior e esteve em manifestações na Casa de Leis de Cuiabá.

 

Prefeito repudia violência e pede investigação, veja a nota na íntegra:

"O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, repudia atos de violência e que contrariem a liberdade de expressão e divergências políticas. O chefe do executivo reforça sua confiança nas autoridades policiais para apuração dos fatos para que se identifique a autoria dos atos que afrontam a democracia, sua família e sua segurança.

 

Na noite de sábado (8/8), um homem, que já havia sido detido por ameaçar autoridades políticas, agrediu um segurança lotado na Regional Leste (que fica no bairro Jardim das Américas), quebrou a porta da unidade pública com um machado e se deslocava para casa do prefeito, mas acabou preso pela Polícia Militar. Posteriormente, ele encaminhado até à Delegacia da Polícia Civil.  O segurança agredido, de 42 anos, prestou queixa e foi submetido a exame de corpo de delito."

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 24/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,40 -0,73%

Algodão R$ 92,36 0,23%

Boi a Vista R$ 130,23 -0,34%

Soja Disponível R$ 68,75 -0,22%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.