Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 27/05/2020

Polícia - A | + A

criminosos tranquilos 31.03.2020 | 12h20

Vídeo flagra bandidos em 'ação' no furto de 10 câmeras em residências

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Moradores do bairro Flamboyant em Cuiabá conseguem as imagens que mostram a ação de dois ladrões que, na madrugada do dia 21, furtaram e danificaram câmeras de monitoramento de residências ao longo da avenida Professora Sebastiana Paes de Barros, a principal do bairro.

 

Os criminosos arrancaram os equipamentos que inclusive estavam protegidos por grades. Neste fim de semana mais uma ação criminosa ocorreu na mesma rua. Ladrões destruíram parte do muro de uma das casas da avenida, exatamente no ponto onde ocorreu o furto de câmeras. Em seguida, invadiram o imóvel e furtaram diversos objetos do morador que não se encontrava.


O ataque ocorreu pela área da Vila Militar, dentro do Círculo Militar, que faz divisa com toda a avenida. Este não é o primeiro tipo de arrombamento que acontece nesta modalidade e afeta os moradores da região. A falta de vigilância na extensa área de mata nativa, que dá acesso ao bairro Santa Isabel e avenida Miguel Sutil, é apontada como principal problema da comunidade.

 

Em relação ao furto das câmeras, o morador Carlos Dantas, que foi uma das vítimas, explica que os criminosos agiram na madrugada. Em uma das casas os ladrões não conseguiram retirar as câmeras, mas tentaram arrancar um refletor de luz, que acabou quebrado. Os furtos foram descobertos no dia seguinte, depois que parte da região ficou sem iluminação pública que foi desligada pela Energisa durante manutenção na rede.

 

Trechos com falta de iluminação aliados a extensa área de rota de fuga dentro da área militar hoje têm sido os maiores problemas que causam insegurança nos moradores.

 

O vídeo mostra a ação de dois homens, que se locomovem em uma bicicleta do tipo cargo.

 

Outro lado

A Energisa reforça que o procedimento padrão é sempre deixar a Iluminação Pública conforme foi encontrada ao início de qualquer serviço.

 

No caso citado na reportagem publicada hoje (01) neste jornal, a empresa informa que já está em contato com a prestadora de serviço que fez o procedimento no bairro Jardim Flamboyant para averiguar o motivo da iluminação pública não ter sido ligada. Caso identificada alguma irregularidade, a empresa lembra que pode notificar a prestadora dentro das sanções previstas em contrato.

 

Veja o vídeo

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A constante troca de ministros pelo presidente Jair Bolsonaro compromete a sua gestão?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 27/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,75 -0,68%

Algodão R$ 95,60 0,04%

Boi a Vista R$ 131,50 -0,38%

Soja Disponível R$ 65,30 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.