Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 05/12/2019

Política de MT - A | + A

autorizado pela câmara 10.08.2019 | 09h08

Ainda em tramitação, empréstimo dolarizado ficará de 'legado'

Facebook Print google plus
Vitória Lopes e Ana Flávia Corrêa

redacao@gazetadigital.com.br

Tchelo Figueiredo/Sicom

Tchelo Figueiredo/Sicom

O empréstimo no valor de US$ 115 milhões, autorizado pela Câmara de Vereadores a pedido do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), ainda está em processo de tramitação, segundo o próprio gestor. O projeto, que atualmente está sob análise da Corporação Andina de Fomento (CAF), seguirá para o Tesouro Nacional.

 

O empréstimo dolarizado, que equivale a quase R$ 440 milhões, tinha como objetivo financiar o programa “Cuiabá 300 anos”. O projeto de lei foi autorizado pelos vereadores em dezembro de 2018. Contudo, o programa relativo à comemoração do tricentenário da capital mato-grossense não vingou da forma que foi planejado.

 

Leia também - Houve falta de diálogo nas negociações, afirma Emanuelzinho sobre greve

 

Agora, conforme o prefeito, o investimento será um “legado” para o município e seus respectivos gestores, que poderão aproveitar o montante principalmente para a infraestrutura e mobilidade urbana. “Como a taxa de juros é muito benéfica para o município, assim como a carência e o prazo para pagamento, então será um legado que quero deixar”, afirma.

 

“Seja quem for o meu sucessor, eu deixarei uma condição para investimentos grandes, que Cuiabá terá total condição de pagamento e que ajudará a nossa cidade. Então estou trabalhando para o futuro. Até porque consegui junto a Caixa e Banco do Brasil outros recursos também vantajosos para a cidade. Então podemos fazer outras obras e mais obras para a população”, explica.

 

Pinheiro explica ainda a burocracia pela qual o empréstimo tem que passar, para então ser efetivamente concluído.
“A etapa atual está na análise dos projetos que já foram todos encaminhados para o CAF. Então batendo o martelo, autoriza os U$ 115 milhões. Ai depois disso virá a última etapa com o Tesouro Nacional, que tem que ser o avalista”, disse. Após o Tesouro Nacional, o empréstimo será encaminhado para o Senado Federal.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Ondas de manifestações ocorridas em países como Chile e Colômbia podem chegar ao Brasil?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 05/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,60 -2,62%

Algodão R$ 90,22 -0,34%

Boi a Vista R$ 136,50 -0,12%

Soja Disponível R$ 67,80 -1,74%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.