Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 22/10/2020

Política de MT - A | + A

durante a pandemia 02.09.2020 | 19h01

AL barra projeto que suspende desconto de 14% dos servidores

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Sem alcançar 13 votos favoráveis, a Assembleia Legislativa (AL) não aprovou o projeto de Lei Complementar que buscava suspender o aumento da alíquota previdenciária para 14% durante o período de estado de Calamidade Pública em Mato Grosso, por conta do novo coronavírus.  

 

De autoria do deputado Lúdio Cabral (PT), o projeto visava impedir o desconto previdenciário dos servidores públicos do Estado que passaram a pagar 14% a partir da folha de julho. Lúdio chegou a justificar afirmando que o verdadeiro deficit nas contas do Estado seria a renúncia fiscal do governo, que, segundo ele, chega a ser R$ 7 bilhões por ano.  

 

Leia também - Ministro do STF mantém previdência de militares de MT em 9,5%

 

"O Estado de Mato Grosso fechou o ano de 2019 com superavit. Está apresentando um aumento na arrecadação de ICMS neste ano em mais de 15%", disse durante a votação. De acordo com o parlamentar, o deficit de R$ 1,3 bilhão da Previdência do Estado, ou seja, 5 vezes menor do que a renúncia fiscal dada pelo governo Mauro Mendes.  

 

Apesar do apelo, o projeto recebeu um parecer pela reprovação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Legislativo.   O projeto recebeu apenas 9 votos favoráveis, o que é insuficiente, já que precisava de 13 votos para a aprovação. 

 

Já o projeto que busca acabar com a cobrança de 14% da aposentadoria dos servidores inativos até o valor do teto do INSS, de R$ 6,1 mil ainda não entrou em votação.  Atualmente os aposentados que recebem acima de R$ 3 mil têm descontados 14% de alíquota previdenciária pelo Estado, diferente dos demais aposentados e pensionistas que ficam isentos até o teto do INSS, de R$ 6,1 mil.  

 

A proposta de Lúdio acaba com essa cobrança, revogando os parágrafos 5° e 6° do artigo 2° da LC 202/04, de modo a manter a isenção até o valor do teto do INSS.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 22/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 57,50 1,77%

Algodão R$ 118,67 3,64%

Boi a Vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 156,30 0,35%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.