Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 24/01/2020

Política de MT - A | + A

Pesando no bolso 12.12.2019 | 07h02

AL retira de pauta projeto que aumenta taxas do Detran

Facebook Print google plus

ALMT/JL Siqueira

ALMT/JL Siqueira

Os deputados estaduais conseguiram a retirada de pauta da mensagem do governo que aumenta as taxas de serviços do Departamento Estadual de Trânsito (Detran). Em geral, a maior parte das taxas terá aumento de 31% e o número é referente a última alteração dos valores da autarquia. O percentual é o acúmulo da inflação dos anos anteriores em que não houveram aumento das taxas. 

 

O projeto recebeu críticas da oposição. O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) usou a tribuna e destacou que o aumento é muito grande. Enfatizou ainda que os valores estão pesados para os usuários e sobre a tentativa do governo em aumentar automaticamente as taxas do órgão. "Aumento de taxa só pode acontecer por lei e lei precisa ser aprovada pela Assembleia", disse.

 

Leia também - Empresas de combustíveis 'desfalcam' Estado em R$ 1,5 bilhão

 

Lúdio disse que é contra o projeto e vai propor mais emendas. "Muitos usam os serviços do Detran para trabalharem, usam veículos às vezes antigos e quando tem seu carro apreendido precisam pagar diversas taxas".

 

Da base do governo, o deputado João José (MDB) destacou que houve um acordo com a bancada governista para que em segunda votação o projeto receba as emendas necessárias. 

 

O deputado Thiago Silva (MDB) lembrou que houve uma reunião com o presidente do Detran, Gustavo Vascocelos, e destacou que o aumento ainda não foi bem explicado pelo governo. Segundo ele, é preciso discutir mais o projeto e que o Detran tem que deixar de ser um órgão de arrecadação do Estado. Na reunião com o presidente do Detran foi acordado que parte dos valores sejam usados na melhoria do órgão. O parlamentar lembrou que vai arrecadar mais de R$ 500 milhões em 2019.

 

A deputada Janaina Riva (MDB) destacou que o aumento pode ser feito de forma escalonada e encaminou pela aprovação do projeto para que ele possa tramitar na Casa de Leis. 

 

Os deputados Dr. Eugênio (PSB), Wilson Santos (PSDB), Silvio Fávero (PSL) e Valdir Barranco (PT) também usaram a tribuna para debater a mensagem do governador Mauro Mendes (DEM). 

 

Veja como ficarão as taxas se o projeto for aprovado da forma proposta pelo governo

 

Reprodução

Criação taxa detran

 

Alteração de taxas antigas

 

Reprodução

Alterção Detran 1

 

Reprodução

Alteração Detran 2

 

Alteração Detran 3

 

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

MARCO - 12/12/2019

Estão querendo tirar do povo para cobrir ladroagem feito durante esses anos, tremenda sacanagem. Não encontram outra forma de cobri as roubalheiras, isso é inadmissível, já não basta a ENERGISA que rouba o povo todos meses com essas contas absurdas, agora o Governo vem com essa; Difícil.

1 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Sobre o reajuste de R$ 6,00 no salário mínimo

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 24/01/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,30 -0,73%

Algodão R$ 91,25 0,19%

Boi a Vista R$ 129,00 0,00%

Soja Disponível R$ 67,80 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.