Publicidade

Cuiabá, Sábado 11/07/2020

Política de MT - A | + A

IMPOSTOS em mt 23.09.2019 | 16h40

Amaggi alega ser monitorada e nega sonegação do Fethab

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Acusada de passar 4 anos sem pagar Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), o presidente da Amaggi, Judynei Carvalho, afirmou que a empresa nunca deixou de recolher o imposto. A denúncia partiu do deputado Lúdio Cabral (PT), que foi convidado a comparecer à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal, mas se ausentou.

 

Leia também -Ex-secretário lista construtoras que pagavam propina a grupo

 

O presidente foi interrogado na tarde dessa segunda-feira (23) e enalteceu a empresa para qual trabalha. Tendo até recebido pedido de desculpas do deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), por tê-lo convocado a depor.

 

"A Ammagi nunca deixou de recolher. Ela é bastante monitorada, se houvesse alguma irregularidade seria apontada", explica o presidente.

 

Na sessão, Dilmar Dal Bosco questionou o motivo pelo qual a empresa não pagou Fethab entre 2015 e 2018, ao que a testemunha respondeu que o recolhimento nunca foi interrompido e que não sabe de onde saiu essa informação.

 

O deputado Nininho (PSD) questionou o presidente sobre denúncia recebida de que a Ammagi recolhia imposto do produtor, mas não repassava ao governo. "Não há isso. A empresa é obrigada a recolher do produtor e repassar para o governo. Como disse, a Amaggi é muito visada e se tivesse fazendo isso, já teria tido problemas lá atrás", esclarece.

 

Carvalho enfatiza o grande volume de imposto pago pela produção e comercialização. Em 2019, já foram pagos R$ 125 milhões de Fethab.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Governo federal está liberando R$ 1.045 do FGTS por trabalhador para movimentar a economia. O que você fará com o benefício?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 10/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,25 -0,70%

Algodão R$ 92,48 -0,47%

Boi a Vista R$ 135,57 -0,32%

Soja Disponível R$ 64,50 -1,23%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.