Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 19/09/2019

Política de MT - A | + A

Manifestação com melancia 23.08.2019 | 14h58

Após ganhar notoriedade em evento do PSL, servidor diz que protesto é contra Barbudo

Facebook Print google plus

 

 

Yuri Ramires

 Natan de Queiroz fez o protesto com a melancia

 

Servidor público estadual Natan de Queiroz ganhou notoriedade há uma semana ao entrar com uma melancia em um ato de filiação do Partido Social Liberal (PSL), sigla do presidente da República, Jair Bolsonaro.

 

Nesta sexta-feira (23), Natan, que ainda está conservando a melancia, explicou que levou a fruta para protestar contra o presidente estadual do PSL, deputado federal Nelson Barbudo. Segundo ele, o parlamentar não vem cumprindo, conforme prometeu em campanha, uma atuação em prol da agricultura familiar.

 

Natan acrescentou que queria apenas entregar a melancia a Barbudo porque, segundo ele, também colocou uma petista para trabalhar em seu gabinete. A fruta, diz ele, foi utilizada devido o próprio Bolsonaro. O presidente ao criticar um general o tachou de melancia -  verde por fora e vermelho por dentro.

 

"Eu estava procurando o Nelson para pedir uma ajuda para montar uma feira em comemoração a Empaer que está fazendo 60 anos, ele mandou eu procurar um deputado estadual (também do PSL) e só consegui falar com o chefe de Gabinete, que explicou que o parlamentar não patrocina este tipo de festa", detalhou.

 

Yuri Ramires

Natan de Queiroz fez o protesto com a melancia

 

Natan explicou que foi ao evento do PSL por ter recebido convite e no caminho  comprou a melancia, a qual pagou R$ 35.  Ele disse que deu várias voltas no evento com a melancia e  apenas quando se aproximou para entregar a Barbudo foi que assessores impediram, juntamente, com os seguranças e depois veio a polícia. 

 

"Eu expliquei que era uma manifestação pacífica e silenciosa", acrescentou. Já com o clima mais calmo, ele seguiu no evento. Afirma que continua confiando na política de Bolsonaro a quem, segundo ele, fez campanha tirando dinheiro do próprio bolso para eleger o candidato do PSL.

 

Natan diz que é funcionário da Empaer há 5 anos e atua em uma unidade da estatal em Várzea Grande, município onde também reside. Ele também não descarta leiloar a melancia.

 

Outro lado

Procurado por meio da assessoria, o deputado Nelson Barbudo informou que não vai se pronunciar. 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Natan Martins de Siqueira Queiroz - 23/08/2019

Obrigado a redação pela recepção calorosa e a oportunidade de dar esclarecimento só te o ocorrido! É sempre bom saber que ainda temos veículos de notícias íntegra e que honra seu compromisso com verdade!!! "Conhecereis a verdade e a verdade vós libertará" Jesus Cristo

1 comentários

1 de 1

Enquete

Menos de 10% dos profissionais com deficiência ocupam cargos de liderança

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 19/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22,40 -1,75%

Algodão R$ 95,49 -0,47%

Boi a Vista R$ 135,50 -0,37%

Soja Disponível R$ 69,00 -0,14%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.